Ganhos em novembro de índice acionário europeu são interrompidos após comentários de autoridades do BCE

Por Sruthi Shankar e Bansari Mayur Kamdar

(Reuters) - As ações europeias caíram pela segunda sessão nesta terça-feira, interrompendo a forte série de ganhos de novembro, depois que comentários de autoridades do Banco Central Europeu afetaram as expectativas de cortes nas taxas de juros no próximo ano.

O índice pan-europeu STOXX 600 recuou 0,3%, a 457,04 pontos, com pesos pesados como Novo Nordisk e LVMH em queda de 3,1% e 1,8%, respectivamente.

O setor de saúde caiu 1,4%, com a empresa farmacêutica belga Argenx despencando 10,1% depois que um estudo avançado de seu tratamento para distúrbios hemorrágicos falhou em atingir parâmetros primários e secundários.

O índice de referência ainda estava a caminho de seu melhor desempenho mensal desde janeiro, com expectativas de que os principais bancos centrais, incluindo o Federal Reserve e o BCE, não vão mais aumentar as taxas de juros e podem começar a flexibilizar a política monetária no próximo ano.

O chefe do banco central alemão, Joachim Nagel, disse nesta terça-feira que o BCE pode precisar aumentar as taxas de juros novamente se as perspectivas de inflação piorarem, e que o banco não deve se apressar em afrouxar a política monetária muito rapidamente após a série mais acentuada de aumentos de juros já registrada.

A presidente do BCE, Christine Lagarde, disse na segunda-feira que a luta do banco para conter o crescimento dos preços ainda não havia terminado.

Os investidores se concentrarão em uma série de dados econômicos nesta semana, incluindo os números da inflação da zona do euro na quinta-feira e o índice PCE de preços dos EUA - o indicador de inflação preferido do Fed - para obter pistas sobre a trajetória da política monetária.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,07%, a 7.455,24 pontos.

Continua após a publicidade

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,16%, a 15.992,67 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,21%, a 7.250,13 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,12%, a 29.376,74 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,68%, a 10.003,40 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 1,13%, a 6.438,31 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes