Azul adquire 7 aeronaves Airbus A330Neo para reforçar voos internacionais

Por Gabriel Araujo

BARUERI, São Paulo (Reuters) - A companhia aérea Azul anunciou nesta sexta-feira a compra de sete aeronaves A330Neo da Airbus, que começarão a ser entregues a partir de 2026, em estratégia para expansão de seus voos internacionais.

Atualmente operando voos para Paris, Lisboa, Curaçao, diversas cidades uruguaias, Fort Lauderdale e Orlando, na Flórida, a Azul afirmou que a renovação adicional da frota ajudará a reduzir os custos operacionais, incluindo diminuição do consumo de combustível.

"Temos expectativa de uma grande expansão de voos internacionais com essa aquisição", disse o presidente-executivo da Azul, John Rodgerson, durante evento comemorativo do 15º aniversário do primeiro voo da companhia. "A ideia é termos mais cidades brasileiras em conexão com as cidades fora do país."

A Azul não divulgou o valor pago pelas novas aeronaves, mas Rodgerson observou que o preço de tabela do A330neo está atualmente em torno de 250 milhões de dólares. O executivo acrescentou que todas as rotas internacionais da Azul são atualmente lucrativas e estão indo "bastante bem".

O diretor financeiro da Azul, Alex Malfitani, afirmou que a empresa decidirá sobre o financiamento das aeronaves recém-encomendadas "no momento certo".

A companhia aérea espera receber 19 novas aeronaves no próximo ano como parte dos esforços de renovação de frota, muitas das quais são jatos E2 fabricados pela Embraer, acrescentou Rodgerson.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes