Ações chinesas caem no primeiro dia de negociação de 2024

XANGAI (Reuters) - As ações da China fecharam em queda o primeiro pregão do ano novo, interrompendo uma sequência de três sessões de altas conforme dados mais recentes sinalizaram uma recuperação econômica desigual, enquanto a confiança dos negócios para 2024 mostra fraqueza.

As ações asiáticas mais amplas iniciaram as negociações perto da estabilidade, com investidores retornando do feriado e aguardando novos catalisadores de negociação mais para frente na semana.

Uma pesquisa do setor privado mostrou que a atividade fabril da China cresceu mais em dezembro, com ganhos mais fortes na produção e no volume de novos pedidos, mas a confiança dos negócios para 2024 permaneceu moderada.

O PMI do Caixin contrastou com dados oficiais divulgados no domingo que mostraram que a atividade industrial encolheu em um ritmo mais rápido e mais do que o esperado em dezembro.

A divergência provavelmente está relacionada a diferenças na cobertura geográfica e na cobertura setorial, disse o Goldman Sachs em nota.

Em um discurso televisionado para marcar o Ano Novo, o presidente Xi Jinping disse no domingo que a China consolidará e aumentará a tendência positiva de sua recuperação econômica em 2024 e sustentará o desenvolvimento econômico de longo prazo com reformas mais profundas.

(Por Redação Xangai)

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,22%, a 33.464 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,52%, a 16.788 pontos.

Continua após a publicidade

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,43%, a 2.962 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,30%, a 3.386 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,55%, a 2.669 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,43%, a 17.853 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,32%, a 3.229 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,49%, a 7.627 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes