TC agrupará ações até junho se preço não refletir "medidas estratégicas"

SÃO PAULO (Reuters) - O TC afirmou nesta sexta-feira que vai agrupar suas ações até 21 de junho se medidas que tem tomado para melhorar sua performance não forem suficientes para levar o preço do papel para acima de 1 real, como exigido pelas regras da B3, segundo fato relevante ao mercado.

A empresa, que opera serviço de informações a investidores, afirmou que "diante do cenário de melhora na eficiência financeira, a companhia prevê que as medidas estratégicas devem refletir positivamente no valor de negociação das ações".

A companhia se referiu a avanços no planejamento estratégico que têm como objetivo "alcançar o equilíbrio operacional, conforme refletido nos resultados recentemente divulgados".

A ação do TC encerrou esta sexta-feira a 0,84 real, em alta de 1,2%. Em 2023, o papel acumulou recuo de 60,8%.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora