Cade e ANS aprovam compra da Amil por Seripieri Filho sem restrições

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e a Agência Nacional de Saúde Suplemente (ANS) aprovaram a compra da operadora de planos de saúde Amil pelo empresário José Seripieri Filho, conforme despachos divulgados nesta quarta-feira.

Conforme publicado no Diário Oficial da União, o Cade aprovou a operação sem restrições. No ofício da ANS, consta um preço final de compra de até 2 bilhões de reais.

A norte-americana UnitedHealth anunciou no final de dezembro que aprovou um acordo para vender a Amil ao fundador e ex-presidente da Qualicorp por cerca de 11 bilhões de reais, em uma operação que incluiu dívida da empresa brasileira.

Na ocasião, a UnitedHealth anunciou que registraria encargos de 7 bilhões de dólares relacionados à venda.

O presidente-executivo da UnitedHealth, Andrew Witty, anunciou a decisão de vender a Amil, adquirida em 2012 por 5 bilhões de dólares, logo após assumir o comando em 2021.

(Por Alberto Alerigi Jr. e Tatiana Bautzer; Edição de Paula Arend Laier e Patrícia Vilas Boas)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes