Desempenho econômico dos EUA "justifica" gastos altos durante a pandemia de Covid-19, diz Yellen

WASHINGTON (Reuters) - A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, disse nesta quarta-feira que o forte desempenho da economia norte-americana é uma evidência de que a Lei do Plano de Resgate Americano de 1,9 trilhão de dólares do presidente Joe Biden foi a abordagem certa em 2021 para evitar uma recuperação lenta e dolorosa da pandemia da Covid-19.

Yellen afirmou em comentários à Conferência de Prefeitos dos EUA em Washington que o que era mais perigoso naquela época "era fazer muito pouco" com os gastos para a recuperação.

"Muitos argumentaram que esse Plano de Resgate não era necessário. Mas acredito que ver onde estamos hoje justifica a abordagem que adotamos", disse Yellen em trechos de seu discurso. "O crescimento do Produto Interno Bruto é forte e a inflação diminuiu significativamente. Há quatro milhões de empregos a mais do que antes da pandemia."

O desemprego permaneceu abaixo de 4% pelo período mais longo em 50 anos e os ganhos salariais foram amplamente compartilhados, inclusive por trabalhadores mais jovens e menos instruídos, acrescentou ela.

(Por David Lawder)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes