Futuros do minério de ferro recuam após dados fracos da China

PEQUIM (Reuters) - Os preços futuros do minério de ferro recuaram nesta quarta-feira, com os fracos dados econômicos da China, principal mercado consumidor do minério, pesando sobre o sentimento dos investidores.

A referência de minério de ferro para fevereiro na Bolsa de Cingapura caiu 2,6%, para 125,95 dólares a tonelada.

O contrato de maio do minério de ferro mais negociado na Bolsa de Mercadorias de Dalian (DCE) da China encerrou as negociações do dia com baixa de 0,75%, a 926 iuanes (128,67 dólares) a tonelada.

A economia da China cresceu 5,2% no quarto trimestre em relação ao ano anterior, mostraram dados oficiais na quarta-feira, um pouco abaixo das previsões de 5,3% dos analistas em uma pesquisa da Reuters.

Ao mesmo tempo, os preços das casas novas na China em dezembro caíram no ritmo mais rápido desde fevereiro de 2015, marcando o sexto mês consecutivo de baixa, mostraram os dados, com o setor ainda lutando devido à fraca confiança.

"É difícil ver uma melhora marginal nos fundamentos do minério, já que os preços do aço estão fracos e as usinas ainda estão sofrendo perdas", disse Cheng Peng, analista da Sinosteel Futures, com sede em Pequim.

No entanto, alguns analistas esperam que o reabastecimento por parte das usinas antes do feriado na China dê sustentação aos preços.

As usinas siderúrgicas da China ainda precisam acumular mais estoques nas próximas duas ou três semanas para os preparativos para o feriado, disseram os analistas do Citi em uma nota.

As siderúrgicas chinesas normalmente estocam matérias-primas do mercado à vista para atender às necessidades de produção durante a semana do feriado do Ano Novo Lunar, quando a logística é interrompida.

Continua após a publicidade

(Reportagem de Amy Lv e Andrew Hayley)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes