Hapag-Lloyd e Maersk assinam acordo de colaboração de longo prazo

FRANKFURT (Reuters) - Hapag-Lloyd e Maersk assinaram um acordo de colaboração de longo prazo a partir de fevereiro de 2025 que vai combinar uma capacidade de transporte de 3,4 milhões de contêineres (TEU), anunciaram as duas empresas de navegação nesta quarta-feira.

Como parte do acordo, chamado de Cooperação Gemini, as duas empresas estabeleceram a meta de oferecer confiabilidade de programação acima de 90% quando a rede estiver totalmente implementada, afirmaram as companhias.

Rolf Habben Jansen, presidente-executivo da Hapag-Lloyd, disse que sua empresa se beneficiará de ganhos de eficiência nas operações e de esforços conjuntos para acelerar descarbonização do setor em geral.

O colega de Jansen na Maersk, Vincent Clerc, disse que o acordo fortalecerá as ofertas de logística integrada e tornará os serviços mais confiáveis.

O acordo envolve as operadoras de navios porta-contêineres número 2 e 5 do mundo, com 290 navios, dos quais a Maersk utilizará 60% da capacidade e a Hapag-Lloyd 40%.

Como consequência do acordo, a Hapag-Lloyd deixará a aliança de transporte marítimo chamada THE Alliance a partir do final de janeiro de 2025.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes