S&P 500 atinge recorde de fechamento pela segunda sessão consecutiva

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK (Reuters) - O índice S&P 500 atingiu um recorde de fechamento pela segunda sessão consecutiva nesta segunda-feira, com as ações de tecnologia aumentando os ganhos recentes e os investidores aguardando os próximos resultados corporativos para obter pistas sobre as perspectivas de lucros para este ano.

O fechamento de sexta-feira confirmou que o índice S&P 500 está em um mercado em alta desde que fechou em seu ponto mais baixo em 12 de outubro de 2022, de acordo com uma medida comumente usada.

Netflix, Tesla, Abbott Laboratories, Intel e Johnson & Johnson, têm a divulgação de seus relatórios prevista para esta semana.

Vários dos principais pesos pesados relacionados à tecnologia, incluindo Microsoft e Apple, divulgarão seus resultados na próxima semana.

O índice Philadelphia de semicondutores terminou em alta de 0,3% e atingiu um novo recorde histórico, enquanto a Nvidia também ganhou 0,3% e atingiu um novo recorde. O índice de tecnologia S&P 500 teve alta de 0,4%.

Os investidores também aguardam os relatórios desta semana sobre o índice PCE, as leituras do PMI Global da S&P e uma leitura antecipada do quarto trimestre do Produto Interno Bruto dos EUA para possíveis pistas sobre a próxima decisão de política monetária do banco central norte-americano.

O Dow Jones subiu 0,36%, para 38.001,81 pontos. O S&P 500 ganhou 0,22%, para 4.850,43 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,32%, para 15.360,29 pontos.

Os investidores recuaram das suas expectativas de um corte de pelo menos 0,25 ponto percentual na taxa de juros pela primeira vez em março, concentrando-se agora mais em maio, com 53% de chance, de acordo com a ferramenta FedWatch do grupo CME.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes