Bolsas

Câmbio

Advogado pede que STF proíba sites do governo de criticar impeachment

O advogado Elter Diego Sousa de Mello entrou hoje com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo que a presidente Dilma Rousseff remova dos sites e mídias sociais oficiais notícias críticas ao processo de impeachment.

Em mandado de segurança, ele afirma que há desvio de finalidade na publicação de notícias "defendendo a existência de ?golpe'".

Mello pediu a concessão de liminar determinando que a presidente e o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva, "removam imediatamente, bem como se abstenham de publicar, em nome da Administração Pública Federal, qualquer afirmativa alusiva ao procedimento de impedimento da Sra. Presidente da República, em seus sítios eletrônicos e nas Mídias Sociais, que não sejam dotados de impessoalidade".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos