Bolsas

Câmbio

Ibovespa opera com leve variação nesta 6ª feira

O Ibovespa negocia em leve queda nesta sexta-feira (27), sem grandes variações, em linha com os mercados internacionais, depois de renovar máxima e fechar em alta de 0,53% ontem, aos 66.191 pontos.

Os investidores aguardam encontro do novo presidente americano, Donald Trump, com a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, em Washington, nesta sexta..

Na China, começou o feriado do Ano Novo lunar, que se estende até 2 de fevereiro, mantendo os mercados fechados por lá. Um importante direcionador do mercado local, o minério de ferro, não terá cotações.

Às 11h43, o índice recuava 0,06%, para 66.149 pontos. Várias notícias corporativas agitam papéis.

As ações da CCR estão entre os destaques de queda do Ibovespa, com -1,71%. Os papéis reagem à notícia de que o grupo de concessões de infraestrutura confirmou na madrugada desta sexta-feira que vai se capitalizar por meio de uma oferta de ações com o objetivo de financiar uma nova rodada de investimentos. A empresa divulgou fato relevante à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), mas a informação já havia sido antecipada ontem pelo Valor PRO, serviço de informação em tempo real do Valor.

As ações de companhias de mineração e siderurgia abriram em queda, mas mostram volatilidade e passaram a subir. Usiminas PNA avança 1,19%, Vale ON sobe 0,92% e Vale PNA ganha 0,88%. As ações da mineradora caíram ontem, a despeito da alta do minério.

O noticiário é agitado para empresas que não estão no Ibovespa. Oi PN sobe 13,64%. Os papéis reagem à notícia de que o fundo de investimentos americano Elliot apresentou nova proposta aos assessores financeiros da empresa, que prevê a injeção de R$ 9,2 bilhões no negócio, além de modificações sobre como dividir esse bolo. Segundo o Valor, o conselho de administração da Oi deve avaliar a proposta em reunião na próxima quarta-feira.

Do outro lado, Magazine Luiza ON cai 3,35%. Os papéis reagem à notícia de que a 3ª Turma da Câmara Superior do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) manteve uma autuação fiscal milionária aplicada à empresa pelo recolhimento a menor de PIS e Cofins, entre 2006 e 2009. A fiscalização desconsiderou uma série de alegações da empresa, que reduziriam a base de cálculo dos tributos. A varejista pode recorrer à Justiça ou apresentar embargos de declaração no Carf. Em 2011, o débito somava R$ 110 milhões, segundo fontes.

As units do BTG Pactual abriram em alta, mas viraram e passaram a cair (-1,06%). Os papéis reagem à notícia de que o BTG Pactual anunciou nesta sexta-feira que estuda a possibilidade de separar as ações do banco e as da BTG Pactual Participations, hoje negociadas em conjunto na forma de units. A mudança, a ser submetida a assembleias de acionistas, tem como objetivos, segundo comunicado ao mercado, dar maior transparência aos ativos de cada estrutura e melhorar a liquidez dos papéis do banco.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos