ANP prorroga prazo para exploração da Petrobras na Bacia do Recôncavo

A Agência Nacional de Petróleo (ANP) aprovou a prorrogação, de 2019 para 2020, da fase de exploração de um conjunto de sete concessões operadas pela Petrobras na Bacia do Recôncavo.


Os blocos REC-T-32, REC-T-40, REC-T-50, REC-T-51, REC-T-52, REC-T-60 e REC-T-61 foram arrematados pela estatal em 2013, na 12ª Rodada da ANP.


A ANP aprovou a extensão do prazo para conclusão dos compromissos exploratórios por nove meses (284 dias), devido ao atraso no processo de licenciamento ambiental da aquisição sísmica das áreas. O prazo original para o fim dos investimentos obrigatórios era maio de 2019.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos