Juro do rotativo do cartão de crédito cai para 481,5% em fevereiro

A taxa de juros do rotativo do cartão de crédito caiu do recorde de 486,7% em janeiro para 481,5% um mês depois. O rotativo é a linha de crédito pré-aprovada no cartão e inclui também saques feitos na função crédito do meio de pagamento.


A expectativa continua sendo de que essa taxa recue de forma acentuada assim que os bancos adotarem a nova regulamentação, que limita o prazo de permanência dos clientes no rotativo em 30 dias. Em caso de inadimplência, o banco deverá parcelar o saldo devedor ou oferecer outra forma para quitar a dívida em condições mais vantajosas. Algumas instituições já estão operando dessa forma, mas o prazo para todas adotarem o novo sistema é 3 de abril.


Conforme o BC, a taxa de juros do parcelado do cartão de crédito, contudo, subiu, em 1,6 ponto percentual, para 163,5% ao ano.


As concessões do rotativo de cartão de crédito somaram R$ 26,124 bilhões em fevereiro, com queda de 6,6% ante janeiro.


Já a inadimplência na modalidade foi de 33,2% em fevereiro, recuando de 36,1% em janeiro. O indicador também ficou abaixo dos 35,8% de fevereiro de 2016. A inadimplência média do mercado de crédito com recursos livres foi de 5,6% no segundo mês de 2017.


No cheque especial, a taxa de juros cobrada ficou em 327% ao ano em fevereiro, recuando de 328,3% em janeiro. No segundo mês de 2016, a taxa era de 293,9%.


A inadimplência no cheque especial ficou em 15,8%, após 16,2% em janeiro e 16,1% em fevereiro de 2016.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos