Bolsas

Câmbio

Mangels lucra em 2016, mas prejuízo cresce no 4º trimestre

(Atualizada às 16h39) A fabricante de rodas de alumínio Mangels teve prejuízo atribuído aos acionistas de R$ 6,6 milhões no quarto trimestre do ano passado, perda 288% maior que a registrada no mesmo período de 2015.


O prejuízo consolidado foi de R$ 18,3 milhões, comparado à perda de R$ 4,9 milhões no mesmo intervalo do ano anterior.


A receita líquida da companhia, que saiu da recuperação judicial no início de março, caiu 3,5% de outubro a dezembro, para R$ 87,4 milhões, na comparação anual.


No acumulado de 12 meses, a companhia registrou lucro de R$ 1,6 milhão, revertendo perda de R$ 51,3 milhões, e receita de R$ 427,5 milhões, em linha com 2015.


É o primeiro resultado positivo anual da companhia desde 2010. A Mangels havia entrado com pedido de recuperação judicial no fim de 2013.


No último trimestre de 2016, a companhia viu seus custos com bens e serviços caírem, melhora que foi ofuscada pelo aumento das despesas operacionais líquidas, que incluem outras receitas e despesas, e da despesa financeira líquida.


O resultado operacional do trimestre também foi negativo, em R$ 4,8 milhões, contra prejuízo operacional de R$ 100 mil em 2015.


Para o ano, contudo, a companhia registrou resultado operacional positivo de R$ 5,3 milhões, ante perda de R$ 4,6 milhões em 2015.


O resultado financeiro negativo de R$ 267 mil no ano passado foi 99,8% menor do que a despesa financeira de R$ 137,7 milhões de 2015.


"Esta melhoria se deu principalmente pela valorização do real frente ao dólar, o que provocou uma diminuição do valor da dívida, devido aos financiamentos em dólar. Este fator provocou, portanto, o reconhecimento de R$ 47,3 milhões de receita de variação cambial, frente à despesa de R$ 95,2 milhões no ano anterior", diz o comunicado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos