Trump assina decreto protecionista que visa estimular empregos nos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinará nesta terça-feira (18) uma nova ordem executiva intitulada "Buy American, Hire American", que prevê incentivos do governo federal para promover a contratação de trabalhadores americanos e a preferência por produtos fabricados dentro do país.


O conceito "Buy American, Hire American" ("Comprar americano, Contratar americano") foi proclamado por Trump em seu discurso de posse e sinaliza a execução de políticas protecionistas prometidas em sua campanha.


Está previsto um discurso do presidente antes da assinatura do decreto, programado para às 16h20 (horário de Brasília).A assinatura do decreto deve acontecer às 16h50, durante uma visita à fábrica da empresa Snap-On, uma tradicional fabricante de equipamentos nos EUA, na cidade de Kenosha, no Estado de Wisconsin.


Wisconsin é um dos Estados americanos localizados no chamado "Cinturão da Ferrugem", região industrial dos EUA onde Trump conseguiu votos fundamentais para vencer Hillary Clinton com o discurso de resgatar a pujança industrial do país. O então candidato prometeu renegociar acordos de livre comércio que, segundo ele, possibilitaram a fuga de grandes fábricas americanas para países com mão de obra mais barata.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos