Bolsas

Câmbio

Mercado melhora levemente projeção para inflação e PIB, diz Focus

As projeções dos analistas do mercado financeiro compõem um quadro mais positivo para a economia brasileira neste e no próximo ano, segundo o boletim Focus, do Banco Central. Houve mais uma queda nas expectativas de inflação e outra melhora nas projeções para a atividade. Também aumentou a previsão para o investimento estrangeiro no país e para o saldo da balança comercial.


Quanto à inflação, a mediana das estimativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) caiu pela oitava semana, de 4,04% para 4,03%. A expectativa para 2018 recuou de 4,32% para 4,30%. Os analistas Top 5 de médio prazo, que têm tido previsões abaixo das do mercado em geral, mantiveram suas projeções em 4,03% e 4,25%, respectivamente. Todos esperam que a Selic, atualmente em 11,25%, caia a 8,50% até o fim deste ano e assim permaneça até o fim de 2018.


A previsão para o IPCA de abril, que será divulgado na próxima semana pelo IBGE, recuou pela quinta semana, de 0,21% para 0,20%. Há um mês, a expectativa era de alta de 0,40%.


Quanto à atividade, a mediana das previsões para o Produto Interno Bruto (PIB) deste ano subiu pela segunda semana seguida, de crescimento de 0,43% para 0,46%. Para 2018, a projeção seguiu em expansão de 2,50%. Houve melhora também - pela terceira semana - na estimativa para a produção industrial, que deve crescer 1,47%, ante 1,36% previsto antes. A previsão para a indústria em 2018 seguiu em crescimento de 2,50%.


No setor externo as previsões também melhoraram. A projeção para o saldo da balança comercial subiu de US$ 53 bilhões para US$ 53,15 bilhões e do do investimento direto no país (IDP), de US$ 75 bilhões para US$ 78 bilhões. A estimativa para o déficit em conta corrente saiu de US$ 26 bilhões para US$ 25,62 bilhões.


Na semana passada, ao comentar os dados do setor externo em março, o chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Tulio Maciel, afirmou que a previsão de saldo comercial de US$ 51 bilhões para este ano está se mostrando conservadora. Em março, o Brasil teve superávit em conta de US$ 1,397 bilhão e, em abril, deve ter outro resultado positivo de US$ 1,4 bilhão, segundo estimativa do BC, ambos resultados influenciados pelo bom saldo comercial do país. O fluxo de IDP também tem sido forte e foi de US$ 7,1 bilhões em março. O BC estima US$ 75 bilhões para o ano.



[module:valor_wysiwyg|src:sites/default/files/infograficos/Brasil/FOCUS/FOCUS_28abril2017_1220.html|width:100%|height:1220]

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos