Bolsas

Câmbio

Decreto de Temer autoriza Forças Armadas a proteger prédios do governo

(atualizada às 16h54) O presidente Michel Temer publicou nesta quarta-feira, em edição extraordinária do "Diário Oficial da União", decreto autorizando o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem no Distrito Federal.


A medida foi tomada depois que o presidente se reuniu com autoridades do Ministério da Defesa e do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), em meio a embates entre a Polícia Militar do Distrito Federal e manifestantes na Esplanada dos Ministérios.




Diversos ministérios foram depredados. A autorização valerá por uma semana, entre hoje e o dia 31 de maio. Segundo o decreto, a área de atuação das Forças Armadas será definida pelo Ministério da Defesa.


Segundo o ministro da Defesa, Raul Jungmann, essa ação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) permite deslocar tropas federais das Forças Armadas para assegurar a segurança do Palácio do Planalto, do Itamaraty e dos demais prédios dos ministérios. Tropas militares já estão no Planalto e no Itamaraty.


Jungmann disse que Temer considera "inaceitável a baderna, o descontrole, e não permitirá que atos como esse venham a turbar um processo que se desenvolve de forma democrática e com respeito às instituições".


Jungmann lamentou que a manifestação "que estava prevista como pacífica degringolou para a violência, o vandalismo, o desrespeito e a agressão ao patrimônio público". Ele lamentou a ameaça aos servidores que estavam trabalhando nos ministérios.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos