Bolsas

Câmbio

Governo central tem déficit primário de R$ 19,798 bilhões em junho

O governo central - que reúne as contas do Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central - registrou déficit primário de R$ 19,798 bilhões em junho. Em junho de 2016, as contas do governo central haviam ficado negativas em R$ 9,744 bilhões.


O valor veio pior do que o estimado por 12 instituições financeiras e consultorias ouvidas pelo Valor Data, que calcularam em R$ 15,8 bilhões o déficit de junho.


De janeiro a junho, o déficit primário acumulado é de R$ 56,092 bilhões, contra um déficit de R$ 36,477 bilhões no mesmo período de 2016. Em 12 meses, o resultado fiscal é de R$ 182,8 bilhões, em valores corrigidos pela inflação, o que corresponde a -2,83% do Produto Interno Bruto (PIB).


Segundo o Tesouro Nacional, no acumulado até junho, desconsiderando-se a antecipação de precatórios, o resultado fiscal no acumulado até junho seria de déficit de R$ 38 bilhões. Em junho, sem o pagamento da rubrica, o déficit seria de R$ 11,3 bilhões.


Segundo números do Tesouro Nacional, divulgados nesta quarta-feira, o resultado de junho é reflexo de um déficit primário do Tesouro Nacional de R$ 6,930 bilhões, de um déficit do Banco Central de R$ 28 milhões e de um déficit da Previdência Social de R$ 12,840 bilhões.


A meta de déficit primário do governo central para este ano é de R$ 139 bilhões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos