Bolsas

Câmbio

Lucro da Amazon cai 77% no trimestre afetado por despesas operacionais

A gigante americana do varejo eletrônico Amazon registrou lucro líquido de US$ 197 milhões no segundo trimestre deste ano, o que representa uma queda de 77% em relação ao lucro de US$ 857 milhões contabilizado no mesmo período de 2016.


O lucro por ação recuou 77,5% na mesma base de comparação, passando de US$ 1,78 para US$ 0,40. Por outro lado, as vendas líquidas da companhia aumentaram 24,8% entre os períodos, para US$ 37,995 bilhões.


A piora na última linha do balanço da Amazon pode ser explicada pelo crescimento nas despesas operacionais da empresa, que passaram de US$ 29,1 bilhões para US$ 37,3 bilhões, um crescimento de 28,2% na base anual. Dentre as despesas, o componente que apresentou a maior evolução foi o custo de vendas, que chegou a US$ 23,4 bilhões, um aumento de 22,3% entre os trimestres.


Assim, o resultado operacional da Amazon entre abril e junho deste ano ficou em US$ 628 milhões, queda de 51,1%.


Para o terceiro trimestre, a companhia projeta que as vendas líquidas deverão ficar entre US$ 39,25 bilhões e US$ 41,75 bilhões, o que representa um crescimento de 20% a 28% em relação ao mesmo intervalo de 2016.


A Amazon também estima que o resultado operacional deverá oscilar entre um prejuízo de US$ 400 milhões e um lucro de US$ 300 milhões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos