ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Dólar opera abaixo do nível de R$ 3,29

19/12/2017 11h20

O dólar opera abaixo da marca de R$ 3,29 nesta terça-feira. Os investidores acompanham notícias em relação à questão fiscal.


Por volta das 10h15, o dólar comercial tinha queda de 0,25%, a R$ 3,2893, enquanto o contrato futuro para janeiro cedia 0,17%, a R$ 3,29.


No mercado de juros futuros, o DI janeiro/2021, por sua vez, marcava 9,270%, ante 9,300% no ajuste anterior.


O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), derrubou a Medida Provisória (MP) 805, que adiava para 2019 o reajuste dos salários dos funcionários públicos e elevava, de 11% para 14% do salário bruto, a contribuição dos servidores para a aposentadoria. O impacto da decisão, concedida em caráter liminar em uma ação de inconstitucionalidade movida pelo PSOL, é estimado em R$ 6,6 bilhões.


No pior dos cenários, o governo precisará buscar novas fontes de receitas e/ou corte de gastos para compensar a perda deste instrumento, diz o economista-chefe do Rabobank Brasil, Mauricio Oreng. Mas o ponto crucial, acrescenta, é o risco para a execução de medidas "estritamente necessárias" que visam conter o desordenado aumento do gasto obrigatório, que enrijece boa parte do orçamento público em nível federal e regional e explica o forte aumento recente na dívida governamental.


O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, comentou que o adiamento do reajuste dos servidores ainda será julgado pelo plenário do STF. Sobre a reforma da Previdência, ele minimizou o adiamento da votação para 2018. Para ele, o efeito da medida é de longo prazo e agora o governo tem 60 dias de discussões sobre a matéria.

Mais Economia