ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Blau Farmacêutica suspende oferta inicial de ações após demanda fraca

07/02/2018 12h58

A Blau Farmacêutica pediu à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) a suspensão de seu processo de IPO (oferta inicial de ações, na sigla em inglês), previsto para ser precificado nesta quarta-feira. A companhia já vinha enfrentando dificuldades para encontrar demanda suficiente para concluir a operação, e ainda foi pega pela turbulência nos mercados do mundo todo na segunda-feira.


Ontem, cogitava-se a possibilidade de reduzir a faixa de preço das ações na oferta, que havia sido fixada entre R$ 13 e R$ 17. No entanto, acabou prevalecendo a decisão de suspender a operação.


Inicialmente, a expectativa era captar entre R$ 650 milhões e R$ 850 milhões com a venda do lote principal de ações, cujos recursos seriam destinados ao caixa da empresa. O volume poderia chegar perto de R$ 1 bilhão caso fossem colocados os lotes extras, com papéis dos acionistas atuais.


A Blau pediu à CVM a interrupção, por 60 dias, do prazo de análise do pedido de registro da oferta, que tinha como coordenadores Itaú BBA, J. Safra, J.P. Morgan e Morgan Stanley.


Mais conhecida por ser fabricante dos preservativos da marca Preserv, a empresa tem foco em medicamentos de uso hospitalar.

Mais Economia