ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Conflito entre militares e gangue deixa 18 pessoas mortas na Venezuela

11/02/2018 20h15

Pelo menos 18 pessoas morreram em uma mina de ouro ilegal no sul da Venezuela durante confrontos com forças de segurança que buscam controlar a área, disse um funcionário no domingo.

O confronto foi confirmado à Associated Press por um oficial do Exército que falou sob condição de anonimato porque não estava autorizado a discutir a operação. Ele disse que o conflito aconteceu sábado, quando o Exército viajou para a mina de Cicapra depois de receber informações de que uma gangue armada estava ameaçando mineiros na área. Foram apreendidas quatro armas de assalto, granadas e várias armas de fogo leves.

Os detalhes do incidente não foram divulgados, embora as autoridades disseram que nenhum soldado estava entre os mortos.

O oficial disse que nenhum dos mortos foi identificado, mas que uma das vítimas deve ser uma mulher conhecida localmente como "a chefe", suspeita de tomar o controle da área após o assassinato, no ano passado, de seu irmão, Anderson Rodriguez, um suposto líder de gangue conhecido por seu implacável tratamento cok os mineiros.

Foi o incidente mais violento em uma mina no Estado de Bolívar desde que os corpos de 17 mineiros foram encontrados em uma cova clandestina em 2016, depois de terem sido mortos por uma gangue criminosa.

A violência está em ascensão em Bolívar, já que o governo venezuelano busca abrir a área rica em recursos minerais para o investimento estrangeiro, em meio a uma guerra contínua na área entre bandos criminosos e militares.

Mais Economia