Bolsas

Câmbio

Banco do Estado do Espírito Santo fecha 2017 com lucro recorde

O Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) informou nesta terça-feira que teve lucro líquido de R$ 51 milhões no quarto trimestre, uma alta de 18,6% na comparação com o mesmo período de 2016. A margem financeira aumentou 17,7%, para R$ 200 milhões.


No ano fechado de 2017, o lucro do Banestes foi recorde, de R$ 175 milhões, com alta de 8,6%.


De outubro a dezembro, a carteira de crédito ampliada apresentou crescimento de 15,7%, terminando o último mês do ano em R$ 5,719 bilhões. A inadimplência caiu para 2,5%, de 2,8% no terceiro trimestre e 3,6% no quarto trimestre do ano anterior. As despesas com PDD (provisão para devedores duvidosos) subiram 32% ante o terceiro trimestre, para R$ 50 milhões.


O retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) ficou em 13,2% em dezembro, de 12,8% em setembro e 13,3% em dezembro de 2016. E o índice de Basileia recuou para 14,2%, de 15,2% e 18,8%, respectivamente.


Segundo o banco, a queda no índice de Basileia reflete maior exposição aos ativos ponderados pelo risco de mercado e de câmbio. "Importante ressaltar que o banco espera uma recomposição desse índice para os próximos períodos, em função de trabalhos e ações já executadas dentro desse objetivo, voltando a patamares históricos confortáveis à operação e desenvolvimento de suas atividades bancárias e financeiras", diz a instituição.


Para 2018, o banco prevê crescimento de 8% a 11% da carteira de crédito e expansão de 7% a 10% na renda de serviços e tarifas.


O Estado do Espírito Santo detém 92,37% do capital do Banestes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos