PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Dólar volta a operar na casa de R$ 3,40 com cena externa

20/04/2018 09h49

O ambiente externo conduz o dólar a mais uma alta nesta sexta-feira. Num dia de avanço firme da divisa americana em boa parte das praças internacionais, a moeda volta a operar acima de R$ 3,40 no Brasil.

O sinal do real ainda é mais comportado que de outros emergentes, como o rublo russo e do rand sul-africano. Ainda assim, numa lista de 33 divisas globais, o câmbio brasileiro fica entre as 10 piores colocações.

O movimento no exterior é atribuído ao avanço dos juros dos títulos do Tesouro americano, em meio à leitura de aumento de pressão inflacionário nos Estados Unidos por causa, entre outros fatores, da valorização das commodities.

Às 9h44, o dólar comercial subia 0,41%, a R$ 3,4050.

O contrato futuro para maio, por sua vez, avançava 0,49%, a R$ 3,4040.

A ponta longa da curva de juros operava bem próxima da estabilidade, com atenções voltadas tanto para o vaivém no exterior quanto para o quadro político brasileiro.

As taxas mais curtas dos contratos de DI, por sua vez, voltam a recuar. Os investidores avaliam o resultado do IPCA-15 de abril, que subiu 0,21%, ante previsões de analistas consultados pelo Valor Data de alta de 0,24%.

O índice ainda mostra inflação contida no país, respaldando a aposta de corte da Selic na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), em maio, que deve ser o último nesta etapa do ciclo. Além disso, gradualmente, os investidores se apoiam na perspectiva de que um processo de alta de juros pode demorar um pouco mais para chegar.

O DI janeiro/2019 recuava para 6,220% (6,240% no ajuste anterior); oDI janeiro/2020 cedia 6,890% (6,940% no ajuste anterior) e oDI janeiro/2021 apontava 7,880% (7,910% no ajuste anterior).O DI janeiro/2023 marcava 9,060% (9,070% no ajuste anterior) eo DI janeiro/2025 se situava em 9,600%, estável.