PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Dólar reforça ritmo de alta e volta a tocar patamar de R$ 3,50

26/04/2018 09h56

(Atualizada às 11h13) O dólar voltou a ganhar força nesta quinta-feira, após oscilar entre a estabilidade e leve queda na primeira hora de negócios. Um dia depois de tocar R$ 3,51 e encerrar a R$ 3,4840, maior patamar em quase dois anos, a moeda americana testa mais uma vez o patamar de R$ 3,50. Às 11h12, era negociada a R$ 3,5048, com alta de 0,60%.

Os investidores continuam atentos aosjuros dos títulos do Tesouro americano, que havia oferecido uma trégua aos mercados no começo do dia, em meio a preocupações sobre uma realocação de capital que poderia prejudicar ativos de risco.

A cautela persiste no mercado. Os riscos de aumento da inflação nos Estados Unidos mantêm o juro da T-note de 10 anos perto da marca de 3%, apesar dos ajustes de hoje. Amanhã, os dados sobre o desempenho da economia americana e de um dos principais índices de preços no país devem ajudar a calibrar as leituras sobre o aperto monetário do Federal Reserve (Fed, banco central americano).

Nesta manhã, as chances de que o banco central americano elevará juros ao menos quatro vezes neste ano giram em 45%. Por outro, continua a mostrar uma visão dividida no mercado em relação às projeções divulgadas anteriormente pelos dirigentes do Fed, de três movimentos.

O DI janeiro/2019 apontava 6,250% (6,250% no ajuste anterior) e oDI janeiro/2020 estava a 6,960% (6,960% no ajuste anterior). Ovencimento em janeiro de 2021 marcava 7,970%.O DI janeiro/2023 se situava em 9,240% (9,240% no ajuste anterior) eo DI janeiro/2025 apontava 9,800% (9,820% no ajuste anterior).