Bolsas

Câmbio

TRF-4 homologa delação de ex-diretor do DER do PR que acusa Beto Richa

O ex-diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) do Paraná Nelson Leal Júnior teve seu acordo de colaboração premiada homologado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Ele foi preso na 48ª fase da Operação Lava-Jato.

Leal diz em seu acordo que operava um esquema de propina para o ex-governador Beto Richa (PSDB-PR). Ele afirma que era o responsável por repassar valores pagos por empresas concessionárias das rodovias para a cúpula do governo paranaense e alguns deputados estaduais.

Ele também disse que foi indicado ao cargo pelo irmão de Richa, José Richa Filho, secretário de Infraestrutura e Logística do Estado. Leal ficou preso por três meses na Custódia da Polícia Federal, em Curitiba. Ele está há um mês em prisão domiciliar.

Na segunda (11), o juiz Sergio Moro aceitou parcialmente o pedido das defesas dos acusados nessa operação e admitiu que não tem competência para julgar o processo, que foi redistribuído para outra vara.

A ação penal agora ficará a cargo do juiz Paulo Sergio Ribeiro, da 23ª Vara Federal de Curitiba, assim como qualquer processo conexo, como mandados de prisão e quebras de sigilo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos