PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Trigo de qualidade nos cerrados brasileiros

01/08/2022 09h06

• O preço do trigo aumentou mais de 50% nas últimas quatro décadas segundo o índice global de preços da Organização das Nações Unidade para a Agricultura e Alimentação (FAO). Com os reflexos da pandemia e o conflito militar na Ucrânia, os valores dos cereais sofreram forte inflação. Face a esse desafio, a expansão da produção de trigo em território nacional com qualidade e produtividade é uma necessidade urgente. • Os produtores brasileiros estão ampliando a produção tritícola. Segundo o 10º Levantamento da Safra de Grãos 2021/2022 da CONAB, entre as culturas de inverno, a produção de trigo atingirá um novo recorde histórico, chegando a cerca de 9 milhões de toneladas. Com este volume, o crescimento na colheita de trigo chega a 75% em comparação à safra de 2019, quando foi registrada uma produção de 5,1 milhões de toneladas. A safra recorde de 2022 mostra a possibilidade real do país tornar-se menos dependente dos impactos do mercado internacional, e até autossuficiente. • Hoje, está comprovado o contrário: o Brasil produz trigo de alta qualidade. Isso ficou demonstrado por pesquisa conduzida pela Embrapa Agroindústria de Alimentos, Embrapa Trigo e Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) com o trigo cultivado no Cerrado Mineiro. • O estudo foi publicado no Journal of Food Processing and Preservation sob o título: Brazilian Cerrado Wheat: Technological Quality of Genotypes Grown in Tropical Location (Trigo do Cerrado Brasileiro: qualidade tecnológica dos genótipos cultivados em locais tropicais, em tradução livre). • Segundo o Laboratório de Qualidade de Grãos, da Embrapa Trigo, a região de Cerrado se caracteriza por não ter chuva na época de colheita. Os grãos são sadios e com baixa atividade da enzima alfa-amilase. Eles não se apresentam germinados e são muito adequados à produção de farinha e pão. Um trigo mais nutritivo gera alimentos mais nutritivos. Isso é bom para todos e também para vegetarianos e veganos: representa oferta de alimentos mais ricos em proteínas, vindas de cereais.

PUBLICIDADE