Bolsas

Câmbio

Coca-Cola é investigada por usar bandeira nacional em propaganda

Do UOL, em São Paulo

Um comercial da Coca-Cola deve ser avaliado pelo Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) por ter utilizado a bandeira do Brasil adulterada com o logotipo da empresa.

O vídeo com o título de "A Copa de Todo Mundo" traz o logotipo da multinacional de refrigerantes ao centro da bandeira nacional, o que poderia ser caracterizado como "manifestação de desrespeito à bandeira nacional", conforme a legislação.

Segundo a lei nº 5.700, é proibido "mudar a forma, as cores, as proporções, o dístico [letreiro] ou acrescentar outras inscrições" à bandeira nacional. 

Com base em denúncias, o Conar informou que abriu processo ético a respeito da campanha publicitária. Nos próximos dias, um relator deve avaliar o caso e decidir se é necessário interromper a veiculação do comercial. Depois dessa avaliação, em cerca de 30 dias, um conselho será reunido para avaliar o caso.

Após o julgamento, a instituição pode recomendar o arquivamento do processo, mudanças no vídeo ou ainda interrupção permanente da campanha.

Como o Conar é uma organização privada, suas orientações não são de cumprimento obrigatório. Entretanto, segundo a instituição, não há casos em que uma agência tenha se recusado a adotar as recomendações.

A Coca-Cola informou por meio de nota que a campanha publicitária "estimula o patriotismo dos brasileiros", mas diz que "respeitará e obedecerá a decisão do Conar".

Notícias relacionadas



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos