Bolsas

Câmbio

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://economia.uol.com.br/album/2013/03/04/conheca-a-trajetoria-de-vida-de-eike-batista.htm
  • totalImagens: 97
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130304162308
    • Eike Batista [13598]; Luma de Oliveira [11739]; Polícia Federal [11702];
Fotos

Clique nas fotos acima e confira fatos e curiosidades que marcaram a vida do empresário Eike Batista Arte/UOL Mais

INFÂNCIA EM MINAS E NO RIO - Eike Fuhrken Batista nasceu em Governador Valadares (MG), em 3 de novembro de 1956. É um dos sete filhos de Eliezer Batista e Jutta Fuhrken. Na foto, Jutta com os filhos Dietrich, Eike, Monika, Werner, Helmut e Harald, no Rio de Janeiro. Foi criado no Rio e, aos 12 anos, mudou-se com a família para Frankfurt, na Alemanha Reprodução Mais

FILHO DE ELIEZER BATISTA - Seu pai, Eliezer Batista (foto), foi ministro de Minas e Energia no governo de João Goulart (1961-1964) e presidente da Vale por dez anos, durante a ditadura. Mais tarde, assumiu a Secretaria de Assuntos Estratégicos do governo de Fernando Collor de Mello (1990-1992). Foi também membro do Conselho Coordenador das Ações Federais no Rio, órgão ligado à Presidência da República, durante o segundo governo de Fernando Henrique Cardoso (1998-2002) Reprodução Mais

FACULDADE E VENDEDOR DE SEGUROS - Quando Eike Batista tinha 18 anos, seus pais voltaram da Europa para o Brasil, mas ele ficou entre Aachen, na Alemanha, e Bruxelas, na Bélgica. Em paralelo à faculdade de metalurgia em Aachen, começou sua vida profissional vendendo apólices de seguro de porta em porta. Aperfeiçoou o inglês e aprendeu francês, além de praticar o alemão, que já falava em casa Reprodução Mais

CORRIDA PELO OURO - Eike conta que, no início dos anos 1980, soube da corrida pelo ouro na região de Alta Floresta, no Mato Grosso, lendo a antiga revista "Manchete". Decidiu largar a faculdade na Alemanha e voltar ao Brasil. Diz ter seguido sua "intuição" para farejar o negócio. Intermediou negócios entre os produtores locais e compradores do Brasil e da Europa, ganhando por comissão OGX, petrolífera de Eike Batista Mais

PRIMEIRA EMPRESA - Conseguiu R$ 500 mil emprestados por joalheiros de Rio e São Paulo, e adquiriu uma mina em Alta Floresta. Um ano depois, tinha um patrimônio de US$ 6 milhões, com o qual decidiu mecanizar a produção. Montou a Autram Aurem, empresa de compra e venda de ouro que, mais tarde, daria origem ao grupo EBX Reprodução Mais

MÁQUINA 'MALUCA' - Implementou a primeira unidade industrial mecanizada na Amazônia, a Novo Planeta. Comprou novas minas, e firmou parceria com a gigante de mineração Rio Tinto, o que lhe rendeu mais e mais dinheiro Reprodução Mais

SÓCIO CANADENSE E PRIMEIRO BILHÃO - No final dos anos 1980, uniu-se à canandense Treasure Valley e criou a TVX Gold. Tornou-se o principal acionista e presidente da mineradora listada nas Bolsas de Nova York e de Toronto. Entre 1991 e 1996, o valor de mercado da companhia mais que triplicou. Após desavenças com os sócios, vendeu sua parte na companhia e obteve seu primeiro bilhão AP Photo/Victor R. Caivano Mais

MARIDO DE LUMA - Ainda pouco conhecido no Brasil, Eike casou-se com a ex-modelo Luma de Oliveira, em 1991, e com ela teve dois filhos, Thor e Olin. Luma foi protagonista de uma série de polêmicas. Em uma delas, em 1998, a rainha do Carnaval desfilou na Sapucaí com uma coleira com o nome Eike cravejado em diamantes. Em 2002, foi fotografada com uma "calcinha transparente" num ensaio de escola de samba Reprodução Mais

'MULHER DO MILÊNIO' DA PLAYBOY - Em 1999, Eike pagou uma multa à revista Playboy após sua mulher na época, Luma de Oliveira, cancelar o contrato para posar nua como "a mulher do milênio". Ainda assim, a ex-modelo foi capa da revista masculina por cinco vezes --em 1987, 1988, 1990, 2001 e 2005, quando já estavam separados Reprodução Mais

DIVÓRCIO - Eike e Luma se divorciaram oficialmente em março de 2004, após 13 anos juntos. Os filhos, Thor e Olin, ficaram sob a guarda da mãe. Antes da separação, o nome da ex-modelo foi envolvido em nova polêmica: a de que teria traído o marido com o bombeiro José Albucacys Publius Vergilius/Folhapress Mais

DESCOBRIDOR DOS SETE MARES - No início dos anos 1990, Eike foi campeão brasileiro, americano e mundial na categoria Super Powerboat Offshore. Em 2006, completou as 220 milhas náuticas entre Santos e Rio de Janeiro em 3h01m47s e bateu o recorde da travessia a bordo da máquina Spirit of Brasil Reprodução Mais

GRUPO EBX - De 1980 até 2000, Eike fez negócios em vários países, lucrando cerca de US$ 1 bilhão. Em 2000, decidiu focar seus negócios no Brasil. Criou o grupo EBX, com empresas como OGX (petróleo), OSX (indústria naval offshore), MPX (energia), LLX (logística), MMX (mineração) e CCX (mineração de carvão) Reprodução Mais

'X' E SUPERSTIÇÃO - Desde o começo da carreira do empresário, a letra "X" esteve presente nos nomes de quase todas as empresas. Segundo ele, o "X" simboliza "o potencial de gerar e multiplicar negócios". Outro elemento presente nas marcas do grupo EBX é o sol, que representa uma das principais divindades na cultura inca. Segundo ele, "transmite força, poder, liderança e otimismo" Reprodução Mais

ESTREIA NA BOLSA - Em 2007, a OGX adquiriu, em rodada de licitação da ANP (Agência Nacional do Petróleo), o direito de concessão de 21 blocos exploratórios nas bacias de Santos, Campos, Espírito Santo e Pará-Maranhão. Em 2008, a oferta inicial de ações (IPO) da petroleira na Bovespa captou cerca de US$ 4,1 bilhões Reprodução Mais

MECENAS DA RIO-2016 - Eike foi um dos "mecenas" da campanha que elegeu o Rio de Janeiro como cidade-sede das Olimpíadas de 2016, deixando para trás Doha, Chicago, Tóquio e Madri. O empresário doou mais de R$ 20 milhões para a candidatura brasileira Mark Ralston/AFP Mais

HOTEL GLÓRIA - Eike comprou, em 2008, o famoso hotel Glória, no Rio, que foi rebatizado de Glória Palace Hotel. A ideia era reformar o imóvel e reinaugurá-lo em 2014. O Grupo EBX também planejava converter o Hilton Santos, conhecido como "Morro da Viúva", do Clube de Regatas do Flamengo, em hotel Parque do Flamengo Divulgação/Grupo EBX Mais

MARINA DA GLÓRIA - Em 2009, Eike comprou o controle da MG Rio Gerenciamento e Locações, empresa que detinha a concessão do Complexo da Marina da Glória, no Parque do Flamengo. Em fevereiro de 2013, o Iphan aprovou o anteprojeto de modernização da marina, que incluía a construção de um prédio de 15 metros de altura e mudanças numa área de 20 mil metros quadrados Divulgação/Grupo EBX Mais

JANTAR COM MADONNA - Em visita ao Brasil, em novembro de 2009, a cantora Madonna participou de um jantar na casa de Eike, no Jardim Botânico, Rio. Na mesma mesa sentaram-se o governador do Rio, Sérgio Cabral, o prefeito Eduardo Paes, ambos com suas mulheres, e os apresentadores Luciano Huck e Angélica. Eike fez uma doação de US$ 7 milhões para a criação de um projeto social da pop star Efe Mais

ESTREIA NO TWITTER - Eike Batista estreou seu perfil no microblog Twitter em 2010, e conquistou mais de 1 milhão de seguidores Reprodução Mais

ESTREIA NO IBOVESPA - As empresas OGX e LLX ganharam destaque na Bolsa de Valores e, no começo de 2010, passaram a constar do Ibovespa, principal índice de ações da Bovespa. A composição do índice é revista a cada quatro meses, e a ideia é incluir os papéis mais negociados nos 12 meses anteriores à revisão Yasuyoshi Chiba/AFP Mais

UPPS NO RIO - Em agosto de 2010, Eike anunciou a doação de R$ 20 milhões para o governo do Rio e o compromisso de entregar o mesmo valor todos os anos, até 2014, para compra de equipamentos e construção de Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). Lançado no fim do segundo ano do governo Sérgio Cabral (PMDB), o projeto das UPPs virou bandeira política do candidato à reeleição e foi incorporado ao discurso de campanha da então presidenciável Dilma Rousseff (PT) Guto Maia/Frame/Estadão Conteúdo Mais

RODA VIVA E R$ 670 MILHÕES DE IR - Eike foi o convidado na estreia da apresentadora Marília Gabriela à frente do programa de entrevistas Roda Viva, da TV Cultura, em agosto de 2010. Perguntado sobre quanto pagou de Imposto de Renda, ele respondeu: "Dei um cheque de R$ 670 milhões" 30.ago.2010 - Cleones Ribeiro/TV Cultura Mais

DE OLHO NO SBT - Em meio à crise no banco Panamericano, no final de 2010, houve rumores sobre a venda do SBT, e Eike não descartou comprar o canal de Silvio Santos: "Tudo o que é bom e o que dá para arbitrar a gente olha". Em setembro de 2012, ele disse que gostaria de ter uma emissora de TV, mas com programação voltada para "notícias boas". Disse ainda que está sempre interessado em novas oportunidades de negócios, mas que não havia nenhuma negociação em curso para compra da emissora Roberto Nemani/SBT Mais

ESCRITÓRIO EM NY - No início de 2011, o Grupo EBX decidiu abrir um escritório em Nova York (EUA) para ser sede da EBX Internacional. "(...) vamos ficar ainda mais próximos dos investidores globais. Estamos avançando no mercado internacional para identificar novas oportunidades de negócios, com projetos diferenciados, eficientes e sintonizados com o que há de melhor no mundo", disse Eike, na época Mario Tama/Getty Images/AFP Mais

OITAVO MAIS RICO DO MUNDO - Em março de 2011, Eike Batista apareceu em oitavo lugar na lista dos homens mais ricos do mundo elaborada pela revista "Forbes". Na época, sua fortuna era estimada em US$ 27 bilhões. Ele disse que se tornaria o homem mais rico do mundo entre 2015 e 2016 Reprodução Mais

VÔLEI MASCULINO - Eike anunciou, em abril de 2011, seu primeiro investimento em um time esportivo: cerca de R$ 13 milhões em uma equipe masculina de vôlei, o RJX. O primeiro contratado foi o campeão olímpico e mundial Dante, que jogava no Dínamo de Moscou. Na foto, Dante, Marlon, Riad e Lipe, da esquerda para a direita. Em dezembro de 2011, Eike patrocinou os irmãos gêmeos Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro nos confrontos do UFC 140, em Toronto, no Canadá Alexandre Arruda/Divulgação CBV Mais

BOLSA DE ENERGIA - Em 28 de julho de 2011, entrou em operação um novo projeto do empresário: a Bolsa de energia Brix, uma plataforma de negociação entre geradores, comercializadores e consumidores de energia Danilo Verpa/Folhapress Mais

BIOGRAFIA AUTORIZADA - Em 2011, Eike publicou o livro "O X da Questão" (Sextante), em que narra sua trajetória como empreendedor. O lançamento contou com presença de celebridades, como a apresentadora Sabrina Sato AgNews Mais

PRIMEIRO ÓLEO DA OGX - Depois de vários adiamentos, teve início a produção da OGX, braço petrolífero do grupo EBX. O primeiro óleo foi extraído às 18h39 de 31 de janeiro de 2012 no campo de Waimea, na bacia de Campos, litoral do Rio Divulgação/Grupo EBX Mais

RODRIGO SANTORO NO CINEMA - O ator Rodrigo Santoro afirmou que o apoio financeiro de Eike foi "o fator decisivo" para que o filme "Heleno" acontecesse. O grupo EBX patrocinou a gravação do filme, no qual Santoro interpreta o jogador de futebol Heleno de Freitas, craque do Botafogo Divulgação Mais

THOR ATROPELA CICLISTA - Em março de 2012, Thor Batista, filho de Eike, atropelou e matou o ciclista Wanderson Pereira dos Santos em uma rodovia no Rio de Janeiro. Após o acidente, Thor fez um acordo com a família da vítima e pagou R$ 630 mil com a condição de que os valores não fossem divulgados. Em fevereiro de 2015, a Justiça do Rio absolveu Thor Batista Michel Filho/Agência Globo Mais

PROXIMIDADE COM CABRAL - A relação entre Eike e o governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), é bastante próxima. Além de bancar gastos de campanha, Eike tornou-se uma espécie de "patrocinador" de programas usados como vitrine eleitoral, doando milhões a projetos do interesse do político. A oposição falava em conflito de interesse, já que o grupo EBX recebia isenções fiscais no Estado. Eike e Cabral diziam ser amigos e que os laços pessoais não beneficiavam o grupo EBX em negócios com o governo fluminense Danilo Verpa/Folhapress Mais

JATINHO EMPRESTADO A CABRAL - O relacionamento entre Eike e o governador fluminense, Sérgio Cabral (PMDB), chegou a ser alvo de investigação após vir à tona que o empresário havia emprestado um jatinho para o político ir a uma festa, em junho de 2011. O procurador-geral de Justiça do Rio, Cláudio Lopes, concluiu que a conduta do governador foi questionável no campo da ética, mas não resultou em improbidade administrativa, e o processo foi arquivado Carlos Grevi/Ag. Ururau/Futura Press Mais

NEGÓCIO DA ARÁBIA - Em 26 de março de 2012, Eike anunciou a venda de parte do grupo EBX para a Mubadala, empresa de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, por US$ 2 bilhões. O investimento de Abu Dhabi avaliou a EBX como se valesse US$ 35,5 bilhões, informou o grupo brasileiro Reprodução Mais

PARCERIA COM A IBM - Já em abril de 2012, a IBM acertou a compra de 20% da Six Automação, empresa de tecnologia do grupo EBX, por um valor não revelado Gabriel Bouys/AFP Photo Mais

INFLUENTES DA "TIME" - Na lista dos cem nomes mais influentes do mundo, elaborada pela revista "Time", em 2012, constaram três brasileiros: Eike Batista, a então presidente Dilma Rousseff e a presidente da Petrobras na época, Maria das Graças Foster Reprodução Mais

SUPERPORTO DO AÇU - Uma das maiores empreitadas anunciadas pelo grupo EBX foi a construção do Superporto do Açu, um complexo portuário em São João da Barra (RJ), no norte fluminense Rafael Andrade/Folhapress Mais

DILMA DE MACACÃO - Em abril de 2012, as obras do Superporto do Açu receberam uma convidada especial: a então presidente Dilma Rousseff, que participou do evento em comemoração ao início da produção de petróleo da OGX Ricardo Moraes/Reuters Mais

ROCK IN RIO - Em maio de 2012, Eike adquiriu metade das ações da companhia Rock World, proprietária da marca Rock in Rio, controlada pelo empresário Roberto Medina. O valor total da compra não foi divulgado e Eike se limitou a dizer que o custo do investimento foi "suficiente". O acordo previa o investimento US$ 350 milhões nos cinco anos seguintes no festival e promoção da marca pelo mundo AgNews Mais

NEYMAR NA CARTEIRA - O atacante do Santos Neymar assinou contrato com a IMX, de Eike Batista, em julho de 2012. A agência de gestão esportiva foi contratada para trabalhar na gestão da carreira e no gerenciamento da imagem do atleta Satiro Sodre/AGIF/Folhapress Mais

CIRQUE DU SOLEIL - Também em setembro de 2012, o empresário anunciou um acordo com o Cirque du Soleil para promover o espetáculo da companhia canadense na América do Sul, por meio de sua empresa IMX Flávio Florido/UOL Mais

PARCERIA COM BTG PACTUAL - Tentando recuperar sua credibilidade junto ao mercado financeiro, o grupo EBX firmou, em março de 2013, uma "parceria de cooperação estratégica" com o banco BTG Pactual, de André Estevez. O acordo envolvia assessoria financeira, linhas de crédito e futuros investimentos de capital de longo prazo para projetos do grupo Karime Xavier/ Folhapress Mais

"O MAIOR PERDEDOR DO ANO" - No ranking de bilionários publicado pela revista "Forbes" em março de 2013, Eike Batista viu sua fortuna despencar de US$ 30 bilhões para US$ 10,6 bilhões (prejuízo de US$ 2 milhões por hora). Com isso, ele despencou da 7ª posição, em 2012, para 100º em 2013 Divulgação Mais

POLÊMICAS NO SUPERPORTO - A construção do Superporto do Açu passou por algumas polêmicas em 2013. O Ministério Público Federal (MPF) em Campos dos Goytacazes (RJ) afirmou que as obras do porto causaram a salinização de água e solo na região. Também houve reportagem na imprensa afirmando que o terminal corre o risco de afundar, pois não teria sido feito um estudo do solo no local. A LLX desmentiu as acusações Daniel Marenco/Folhapress Mais

VISITA DE LULA - Após acusações de suposta contaminação na área da construção do Superporto do Açu, Eike levou um convidado especial para visitar as obras, em janeiro de 2013: o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva Carlos Grevi/Ag. Ururau/Futura Press Mais

GIGANTE DO PETRÓLEO - A EBX e a gigante petrolífera BP assinaram, em março de 2013, um contrato para a formação de uma companhia para distribuição de combustíveis marítimos no Superporto do Açu, a MFX (Marine Fuels X) Divulgação Mais

CONTRATO COM ZICO - O ex-jogador e técnico de futebol Zico assinou contrato com a IMX, de Eike Batista, em março de 2013. A agência de gestão esportiva foi contratada para cuidar de palestras, licenciamento de produtos, patrocínios e novos negócios do atleta Arquivo Mais

DISPUTA PELO MARACANÃ - Eike Batista e Odebrecht saíram na frente na disputa pelo controle do Maracanã. O Consórcio Maracanã SA, formado pela Odebrecht Participações, IMX Venues e AEG Administração de Estádios do Brasil, ofereceu R$ 5,5 milhões por ano ao governo do Rio para assumir o estádio, e tem a melhor proposta financeira registrada na concorrência pelo complexo esportivo. Ao todo, o consórcio ofereceu R$ 181,5 milhões pela concessão do estádio Genilson Araújo/Agência O Globo Mais

DE OLHO NA MALÁSIA - Em 7 de maio de 2013, a petroleira OGX vendeu participação de 40% em dois blocos de petróleo para a estatal da Malásia Petronas, por US$ 850 milhões. Na foto, Eike com o premiê malaio, Najib Razak, em agosto de 2012, quando anunciou investimento de US$ 6 bi no país asiático Bernama/Divulgação Mais

PREJUÍZO DE R$ 1 BI NO TRIMESTRE - Em maio, as empresas do grupo EBX com ações na Bolsa (OGX, MMX, MPX, OSX, LLX e CCX) divulgaram resultados decepcionantes para o primeiro trimestre. Segundo levantamento da consultoria Economatica, pela primeira vez o prejuízo acumulado das seis companhias ultrapassou a marca de R$ 1 bilhão em um único trimestre (R$ 1,154 bilhão de janeiro a março, contra R$ 180,6 milhões em 2012) Andrea Comas/Reuters Mais

JATINHO À VENDA - Eike Batista colocou à venda em um site o jato particular Legacy 600, o segundo melhor da sua frota Reprodução Mais

HOTEL GLÓRIA À VENDA - O grupo EBX coloca à venda o tradicional hotel Glória, no Rio, adquirido em 2008 por R$ 80 milhões. Em 2010, o grupo iniciou reformas no tradicional hotel, rebatizado de Glória Palace, e o integrou à REX, braço imobiliário do grupo Rafael Andrade/Folhapress Mais

CCX FICA NA BOLSA - O empresário tinha anunciado a saída da empresa de mineração de carvão CCX da Bolsa de Valores. Após as ações desabarem, Eike decidiu reconsiderar o negócio e manter a empresa na Bovespa Danilo Verpa/Folhapress Mais

NASCE BALDER - Em 19 de junho, nasce o terceiro herdeiro de Eike, Balder, fruto do relacionamento com a advogada e empresária Flávia Sampaio. Em seu blog, a mãe disse que o bebê nasceu com 40 semanas completas, de parto normal e pesando 3,615 kg Reprodução/Powerlook Mais

RUMORES DE CALOTE E CRISE DE CONFIANÇA - Ao final de junho de 2013, começaram a surgir rumores de que as empresas de Eike não teriam condições de honrar seus compromissos com os credores e teriam que renegociar dívidas de curto prazo. Isso gerou temor entre os investidores. Na época, as empresas negaram Shutterstock Mais

A VIRADA, PARA BAIXO - A petroleira OGX começou a derreter na Bolsa de Valores após ter anunciado a suspensão de projetos. Bancos reduziram a expectativa de preço para a ação, chegando a falar em R$ 0,04 por papel. Agências de risco cortaram a nota de crédito da empresa, e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) decidiu investigar se se houve falhas na divulgação de informações ao mercado Marcelo Justo/Folhapress Mais

PROTESTOS NAS RUAS - Os protestos populares que invadiram as ruas de todo o país pressionaram o governo a não dar um possível socorro às empresas de Eike, segundo artigo do jornal britânico "Financial Times". A tese do jornal era de que, com o povo nas ruas clamando por ética na política, seria mais difícil o governo usar o dinheiro dos impostos para socorrer Eike Gabriela Biló/Futura Press Mais

CRISE VIRA PIADA NA WEB - Em meio à crise de confiança das empresas de Eike e ao derretimento das ações na Bolsa, a situação do bilionário virou motivo de piada nas redes sociais. Internautas criaram a hashtag #EikeGenteComoAGente e deram "dicas" para o empresário lidar com uma eventual pobreza Reprodução/Twitter Mais

VENDE-SE - Em meio à crise do império de Eike Batista, o grupo EBX começou a tentar se reestruturar. Isso incluiu a venda de ativos e até do controle de suas empresas. Com esses recursos, o grupo poderia pagar seus maiores credores Andrew Parsons/Reuters Mais

BNDES TERIA FAVORECIDO EMPRESAS DE EIKE - Reportagem do jornal "O Estado de S.Paulo" afirmou, em julho de 2013, que contratos de financiamento do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) sofreram alterações de prazos, recursos e exigências para beneficiar empresas do bilionário Eike. O banco negou ter concedido vantagens ou tratamento privilegiado Rafael Andrade/Folhapress Mais

LONGE DE SE APOSENTAR - Em um artigo publicado no jornal "Valor Econômico" em 19 de julho, Eike Batista relembrou passagens de sua "trajetória de mais de 30 anos de muito trabalho" e comentou a crise em seus negócios. Na conclusão do artigo, ele afirma que seu obituário empresarial tem ocupado as páginas de blogs, jornais e revistas, e afirma: "Só posso dizer que me vejo muito longe deste Eike aposentado" Danilo Verpa/Folhapress Mais

SUMIÇO NO TWITTER - O nascimento do filho Balder foi o motivo da última postagem de Eike Batista na rede social Twitter, em 25 de junho. O empresário possui mais de 1,3 milhão de seguidores, que ficaram "órfãos" de suas intimidades e reflexões na rede social Reprodução Mais

EIKE CANCELA APOIO A UPPS NO RIO - Em agosto de 2013, a OGX decidiu rescindir os convênios firmados em 2010 com a Secretaria de Segurança do Rio para o financiamento do projeto de Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) das favelas cariocas Antonio Lacerda/Efe Mais

AÇÕES DE EIKE NA NOVELA DA GLOBO - A crise no império de Eike chegou às novelas, em agosto, e levou um personagem da ficção à falência. Em "Amor à Vida", da Rede Globo, o personagem Guto, interpretado pelo ator Márcio Garcia, disse que perdeu todo o dinheiro após ter investido em ações, e que precisaria dividir o apartamento com a mulher, de quem estava se divorciando Divulgação/TV Globo Mais

EIKE DEIXA LISTA DOS 15 MAIS RICOS DO BRASIL - O ranking de bilionários brasileiros feito pela revista "Forbes Brasil" em 2013 traz Eike na 52ª posição, com fortuna estimada em R$ 2,95 bilhões. No ano anterior, Eike aparecia bem no topo do ranking, com fortuna estimada em R$ 30,26 bilhões --praticamente empatado com Jorge Paulo Lemann, que, na época, teve sua fortuna estimada em R$ 29,3 bi. Em 2013, Lemann manteve-se no topo, com R$ 38,24 bilhões Capa da Forbes Mais

OGX DEVOLVE BLOCOS DE PETRÓLEO - A OGX desistiu de nove blocos de exploração de petróleo que arrematou sozinha em maio, na 11ª rodada de leilões da ANP (Agência Nacional do Petróleo). Com a desistência, a petroleira de Eike foi obrigada a pagar R$ 3,42 milhões em multa às autoridades federais Antonio Scorza/UOL Mais

EIKE NÃO É MAIS BILIONÁRIO - Segundo os cálculos da revista "Forbes", a fortuna do empresário em agosto de 2013 caiu para US$ 900 milhões. Apesar de a fortuna em reais ser ainda bilionária, o ranking considera o montante em dólares. Sendo assim, Eike está fora da seleta lista dos mais ricos do mundo. O brasileiro havia previsto que se tornaria o mais rico do mundo até 2015 REUTERS/Ueslei Marcelino Mais

EIKE É OBRIGADO A INJETAR US$ 1 BI NA OGX - A diretoria da OGX decidiu cobrar uma "promessa" de Eike de injetar US$ 1 bilhão na OGX, por meio de subscrição de ações. Esse tipo de garantia é chamado de "put" no mercado. O empresário afirmou que iria recorrer da decisão e pedir arbitragem no caso Shutterstock Mais

IATE VIRA SUCATA - Para enxugar custos, Eike tentou vender o Pink Fleet, seu navio cinco estrelas que era alugado para eventos sociais e corporativos na baía de Guanabara, no Rio. A embarcação tinha custos mensais estimados em R$ 300 mil. Sem comprador, o navio foi levado a um estaleiro em São Gonçalo (RJ) para ser desmanchado e vendido como sucata Divulgação/Grupo EBX Mais

CRISE DE EIKE GERA MUDANÇA NA BOVESPA - A BM&F Bovespa anunciou sua 1ª mudança na metodologia do Ibovespa (principal índice da Bolsa) em 45 anos. Um dos principais motivos foi a derrocada nas ações da petroleira OGX, que tinham um dos maiores pesos no Ibovespa. Com o preço baixo das ações, as oscilações percentuais eram sempre muito intensas: um centavo de diferença nas negociações já causava uma variação expressiva. As ações da OGX deixaram o Ibovespa em outubro de 2013 Luiz Prado/Divulgação BM&FBOVESPA Mais

'ESTOU COMENDO VIDRO' - Na 1ª entrevista desde o início da crise nos negócios, ao "The Wall Street Journal", Eike atribuiu as dificuldades atuais de seu conglomerado às falhas de gestão cometidas por executivos do grupo, à impaciência dos investidores e à falta de sorte. "[Elon] Musk disse que começar uma empresa é como comer vidro. Eu estou comendo vidro", disse Arte/UOL Mais

MPX VIRA ENEVA, SOB COMANDO DA E.ON - Eike vendeu o controle da empresa de energia elétrica MPX para a alemã E.ON, em 28 de março, e renuncia formalmente ao controle da companhia em 4 de julho. A empresa muda de nome para Eneva, tirando o "X", herança da fundação por Eike Reprodução Mais

EIKE VENDE MARINA DA GLÓRIA - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a venda do controle da Marina da Glória, no Rio, para uma holding do setor, a BRM Holding de Investimento Glória, segundo o Diário Oficial. Os valores da operação não foram divulgados Divulgação/Grupo EBX Mais

MANTEGA: EIKE QUEIMOU O FILME DO BRASIL - O então ministro da Fazenda, Guido Mantega, chegou a dizer que a crise nos negócios de Eike Batista "já causou problemas para a imagem do país e para a Bolsa de Valores, que teve uma deterioração". Anteriormente, o ministro havia afirmado que a crise do empresário não representava um risco para a economia brasileira, e que o governo não pretendia oferecer ajuda para o grupo EBX Evaristo Sa/AFP Mais

OGX CONFIRMA CALOTE - Em 1º de outubro, a OGX informou que optou por não pagar US$ 44,5 milhões a credores estrangeiros. No total, apenas em bônus no mercado internacional a OGX tinha dívida de US$ 3,6 bilhões. O calote de Eike foi tratado como o "fim de uma era" pela mídia internacional Arte/UOL Mais

MOTIVO DE PIADA - Eike estampa a capa da revista americana "Bloomberg Businessweek" no começo de outubro de 2013. Numa longa reportagem, a revista falava dos problemas enfrentados pelo empresário e dizia que ele já havia virado motivo de piada no Brasil. O texto dizia que o empresário protagonizava "um dos maiores colapsos pessoais e financeiros da história, talvez o maior, e pode estar se aproximando da falência" Reprodução Mais

DESOCUPAÇÃO DE PRÉDIO HISTÓRICO NO RIO - Em outubro de 2013, as empresas do grupo EBX começaram a desocupar o histórico edifício Serrador, no centro do Rio, alugado desde o final de 2011. De acordo com a "Folha", a OGX demitiu em um dia um quinto do seu quadro de 300 colaboradores Rafael Andrade/Folhapress Mais

EIKE TRANSFERE MUSEU PARA GOVERNO DE MG - O Instituto EBX, divisão de investimentos socioculturais do grupo de Eike, suspendeu o repasse de R$ 1,8 milhão por ano para o Museu das Minas e do Metal, que mantinha na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte. O museu e seu acervo foram transferidos para o governo de Minas Gerais (MG), num repasse estimado em R$ 30 milhões Carlos Eduardo Cherem Mais

PEDIDO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL - Os advogados da petroleira OGX entram com pedido de recuperação judicial da empresa em 30 de outubro de 2013. A OGX declarou que devia, no total, R$ 11,2 bilhões. Esse era o montante descrito como "passivo consolidado" no pedido feito à Justiça Sergio Moraes/Reuters Mais

OUTRO PEDIDO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL - Doze dias após a OGX, o estaleiro OSX também entregou à Justiça seu pedido de recuperação judicial (antiga concordata). A OSX, cujos ativos incluiam um estaleiro no Porto de Açu, no norte do Rio de Janeiro, era uma das principais credoras da OGX. Quase todos os negócios da OSX dependiam da OGX, uma vez que a empresa de construção naval foi criada para fornecer plataformas de produção à petroleira Sergio Moraes/Reuters Mais

FERIADÃO - Apesar da crise que se abateu sobre suas empresas, Eike Batista (esq., na água) aproveitou o feriado da Proclamação da República em 2013 num dos lugares mais caros do país. O ex-bilionário foi visto na companhia de amigos, da namorada, Flávia Sampaio, e do filho Balder na Ilha do Dentista, em Angra dos Reis, na Costa Verde do Rio de Janeiro. Eike bateu papo e nadou da praia até a super lancha Spirit of Brazil Thais Martinelli/Agência O Dia/Estadão Conteúdo Mais

JULGAMENTO - Em novembro de 2014, Eike começou a ser julgado, no Rio de Janeiro, por crimes contra o mercado financeiro. Ele é acusado de manipulação de mercado e uso de informação privilegiada ao negociar ações da petroleira OGX. A defesa pediu que a audiência fosse feita a portas fechadas, para preservar a "intimidade e a privacidade do acusado", mas o juiz negou Ricardo Moraes/Reuters Mais

MENSAGEM DO FILHO - Antes do início da audiência, o empresário lê uma mensagem do filho Thor no Facebook: "Nesse momento de alegria que estou passando, resolvi postar foto dele... Ele, my mentor, my hero, my father. Poliglota, mega inteligente, mega empresario, galan, orgulho, campeao mundial de powerboat. E I K EEEEEEEE. Love you" Armando Paiva /Fotoarena/Folhapress Mais

BLOQUEIO DE BENS - A Justiça Federal mandou bloquear, em fevereiro de 2015, os bens de Eike e de sua família para garantir o pagamento de indenizações, caso ele seja considerado culpado por crimes contra o mercado financeiro. A Polícia Federal foi à casa do empresário no Jardim Botânico, Rio, e apreendeu seis carros --entre eles, um Lamborghini que ficava na sala--, além de R$ 90 mil em dinheiro (R$ 37 mil em moedas estrangeiras), um piano, um computador, um celular, 16 relógios, dois motores para lancha, uma escultura e até um ovo Fabergé Polícia Federal/Divulgação Mais

IATE - A Polícia Federal apreendeu, ainda, o iate Spirit of Brazil na casa do empresário Eike Batista em Angra dos Reis (RJ). Um funcionário de Eike foi nomeado depositário do bem, que ele mesmo disse valer R$ 100 milhões, em vez dos R$ 30 milhões estimados inicialmente --o valor declarado pelo empresário à Receita é de R$ 1,5 milhão Divulgação/Polícia Federal Mais

THOR ABSOLVIDO - Em fevereiro de 2015, a Justiça do Rio de Janeiro absolveu Thor Batista, filho de Eike, no processo relativo ao atropelamento e morte do ciclista Wanderson Pereira dos Santos, em março de 2012, na rodovia BR-040, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Os desembargadores julgaram um recurso da defesa de Thor após ter sido condenado em junho de 2013 e consideraram que as provas da acusação eram duvidosas Antonio Lacerda/Efe Mais

EIKE ABSOLVIDO - Em abril de 2016, a Justiça do Rio de Janeiro absolveu o empresário em processo por formação de quadrilha, crime contra a economia popular e falsidade ideológica. Mais tarde, em maio, ele também foi absolvido da acusação de uso de informação privilegiada Ricardo Moraes/Reuters Mais

VEÍCULOS APREENDIDOS - Depois de apreender bens nas casas de Eike Batista no Rio e em Angra dos Reis (RJ), a Polícia Federal foi à casa da ex-mulher do empresário, Luma de Oliveira, na zona sul do Rio de Janeiro (RJ). Pelo menos três veículos foram levados. Eike chegou ao local cerca de uma hora depois do início da operação policial. Na foto, Luma aparece à janela de sua casa Severino Silva/Agência Estado Mais

JUIZ COM PORSCHE - O juiz Flávio Roberto de Souza, que cuida do caso de Eike, foi flagrado dirigindo o Porsche apreendido do empresário. Em entrevista à "Folha", ele confirmou e disse ter guardado o veículo na garagem do prédio onde mora, na Barra da Tijuca, para ficar seguro e protegido de sol e chuva. A corregedoria abriu um processo para investigar a conduta do juiz Rafael Moraes/Ag. O Globo Mais

PIANO - O juiz Flávio Roberto de Souza, titular da 3ª Vara Federal do Rio, escolheu um vizinho para cuidar do piano apreendido na casa do empresário Eike Batista Reprodução/Instagram Mais

LEILÃO - Os bens apreendidos de Eike e sua família começariam a ser leiloados em fevereiro de 2015, mas o leilão foi suspenso, a pedido da defesa do empresário. Em maio de 2015, o empresário recuperou dois de seus carros esportivos, que foram devolvidos a ele por determinação da Justiça; na foto, uma Lamborghini avaliada em R$ 2 milhões, chegou à casa de Eike Batista num reboque Xande Nolasco/Parceiro/Agência O Globo Mais

DEPOIMENTO - Em setembro de 2016, a força-tarefa da Operação Lava Jato citou um depoimento espontâneo feito pelo empresário Eike Batista como fator decisivo na implicação do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega (PT) em desvios na Petrobras. O petista chegou a ser preso, mas o juiz Sergio Moro mandou soltá-lo Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

ILHAS CAYMAN - Uma juíza das Ilhas Cayman congelou US$ 63 milhões em bens do empresário Eike Batista, a pedido de dois grupos de investimentos dos Estados Unidos que apostaram no projeto falido de exploração de petróleo do ex-bilionário brasileiro. A juíza Ingrid Mangatal decidiu em outubro de 2016 que Meridian Trust e American Associated Group apresentaram evidências suficientes para embasar a ordem de congelamento dos bens Ricardo Moraes/Reuters Mais

MANDADO DE PRISÃO - O empresário Eike Batista é alvo de um mandado de prisão preventiva (sem data para terminar) da Polícia Federal. A ação faz parte da Operação Eficiência, segunda fase da Calicute, braço da Lava Jato do Rio Fábio Motta/Estadão Conteúdo Mais

CELA COMUM - Procurado pela Polícia Federal, o empresário Eike Batista deverá aguardar julgamento em uma cela comum em um dos presídios do Rio de Janeiro, já que não concluiu o ensino superior e não tem diploma universitário. Eike está entre os alvos da Operação Eficiência, da PF, que cumpre nove mandados de prisão preventiva (sem data para terminar), mas não foi preso porque está fora do país Felipe Dana/AP Mais

31.jan.2017 - A primeira noite do ex-bilionário Eike Batista no presídio Bandeira Stampa (Bangu 9), no bairro de Bangu, na zona oeste carioca, foi tranquila e sem ocorrências, informou a Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro) Ricardo Borges/Folhapress Mais

Veja fatos e curiosidades da trajetória de Eike Batista

Últimos álbuns de Economia

UOL Cursos Online

Todos os cursos