IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Todos a Bordo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Sugado em pleno voo: o dia que piloto ficou meia hora pendurado em avião

Avião G-BJRT da British Airways fotografado em Birmingham em 1989 - Rob Hodgkins/Wikimedia Commons
Avião G-BJRT da British Airways fotografado em Birmingham em 1989 Imagem: Rob Hodgkins/Wikimedia Commons

Alexandre Saconi

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/04/2023 04h00

Receba os novos posts desta coluna no seu e-mail

Email inválido

Em 10 de junho de 1990, o piloto do voo British Airways 5390 foi sugado para fora do avião.

O que aconteceu?

Uma das janelas da cabine de comando se soltou durante a subida. O voo operado pela British Airways fazia a rota entre Birmingham (Inglaterra) e Málaga (Espanha).

Com isso, o comandante Tim Lancaster foi sugado para fora da aeronave. Suas pernas ficaram enroscadas do lado de dentro.

O comissário Nigel Ogden entrou na cabine e segurou o piloto pelas pernas. Ele se prendeu ao assento extra da cabine para não ser sugado para fora também.

Como foi o pouso?

O acidente aconteceu quando o avião estava a cerca de 5,3 km de altura. Rapidamente foi feita uma manobra para descer até 3.350 metros de altura e reduzir a velocidade.

O copiloto solicitou orientação ao controle de tráfego aéreo para pousar o mais rápido possível. Ele pousou em segurança no aeroporto de Southampton cerca de 35 minutos após a decolagem.

Capitão sobreviveu

lancaste - Reprodução - Reprodução
Reconstituição mostra como o piloto Tim Lancaster foi jogado para fora da cabine
Imagem: Reprodução

O corpo de Lancaster se chocava violentamente contra a estrutura do avião devido aos fortes ventos. Mesmo assim, por incrível que pareça, ele sobreviveu.

O capitão sofreu ferimentos e fraturas nos braços, além de queimaduras causadas pelo frio intenso. Ele foi prontamente atendido pelos bombeiros assim que o avião pousou.

Um comissário se feriu levemente, além do capitão. Ninguém mais a bordo do avião se machucou.

Por que a janela se soltou?

Parafusos usados para prender o para-brisa eram menores do que o adequado e, por isso, se soltaram. A investigação do acidente concluiu que 84 de um total de 90 parafusos tinham um diâmetro menor do que o correto.

Várias recomendações de segurança resultaram após esse acidente. Uma delas foi a indicação de que a British Airways revisasse seu sistema de manutenção e checagem dos serviços realizados.