Dólar sobe 1,73% e fecha a R$ 3,286, na maior alta em quase 7 meses

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images/iStockphoto

dólar comercial fechou esta quinta-feira (7) em alta de 1,73%, cotado a R$ 3,286 na venda, após quatro quedas seguidas. É a maior valorização percentual diária em quase sete meses: em 18 de maio, o dólar saltou 8,15%, logo após as delações da JBS virem a público. Na véspera, a moeda norte-americana caiu 0,11%.

Investidores estavam mais pessimistas em relação à possibilidade de a reforma da Previdência ser votada ainda neste ano na Câmara dos Deputados. Sem votos suficientes, o governo já reconhece que a votação da matéria não deve ocorrer na semana que vem.

Nas quatro últimas sessões, o dólar havia caído amparado, principalmente, pela expectativa de votação da reforma em breve.

"Se não houver uma definição sobre o tema ainda este ano, com sua aprovação, o Brasil tende a ter sua nota de crédito rebaixada por agências de classificação de risco, afetando, inclusive, a política monetária do país", avaliou em nota o operador da Advanced Corretora Alessandro Faganello.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos