PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Cotações

Motivado por cenário externo, dólar despenca 2,35% e fecha a R$ 5,370

Desde cedo, o dólar perdia força ante o real, seguindo o movimento de outros mercados cambiais - Getty Images
Desde cedo, o dólar perdia força ante o real, seguindo o movimento de outros mercados cambiais Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo*

25/07/2022 17h23

O dólar comercial despencou 2,35% hoje e fechou o dia cotado a R$ 5,370. Por sua vez, o Ibovespa, principal índice da B3, a Bolsa de Valores de São Paulo, teve uma forte alta na sessão de hoje. A Bolsa encerrou o pregão com crescimento de 1,36%, a 100.269,85 pontos.

Desde cedo, o dólar perdia força ante o real, seguindo o movimento de outros mercados cambiais.

Analistas preveem que esta será uma semana volátil em relação ao câmbio. O foco principal dos investidores é a reunião do Federal Reserve, o Banco Central dos Estados Unidos, que começa na terça-feira e se encerra na quarta e pode alterar a taxa básica de juros do país.

Na variação mensal, a moeda estrangeira teve alta de 2,58% e na anual a moeda recuou 3,70%.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto.

Bolsa tem forte alta

Puxado pela Petrobras, o Ibovespa fechou o pregão com uma forte alta, dando sequência ao movimento observado em toda a última semana, exceto sexta.

Hoje, a Bolsa voltou a passar os 100 mil pontos, o que não acontecei desde 8 de julho, e encerrou a 100.269,85 pontos, uma alta de 1,36%.

Na variação mensal, a Bolsa subiu 1,75%. Na anual, a variação foi 4,34% negativa.

Analistas explicam que com a campanha eleitoral se intensificando cada vez mais, a política interna está no foco dos investidores.

As maiores altas foram de petrolíferas: Petrobras (PETR4 e PETR3), que subiram 4,50% e 4,26%, respectivamente, e PetroRio (PRIO3), com aumento de 4,19%. O destaque negativo ficou com o Pão de Açúcar (PCAR3), que caiu 6,63%.

*Com Reuters

Cotações