Ex-chefe da Forum fatura US$ 98 mi com negócios nos EUA, um de motorhomes

André Duek, 50, ex-presidente do Grupo TF Modas — dono das marcas Triton e Forum —, vive desde 2012 nos EUA, onde tem três empresas, uma delas de aluguel de motorhomes. As outras duas empresas são o 1BRZ Group, uma plataforma de educação para negócios e empreendedorismo aberta em 2022, e o Duek Realty LLC, uma corretora de imóveis de luxo aberta em 2012 e vendida para o grupo americano ONE Sotheby's International Realty em 2020.

Apesar da venda, Duek continua liderando um time brasileiro de corretores de imóveis na empresa. "A nossa imobiliária virou um time de vendas chamado Duek Lara Group, minha atual empresa", diz. Em 2022, o Duek Lara Group faturou US$ 98 milhões, com lucro de US$ 3,5 milhões.

Duek virou CEO do Grupo TF Modas

Aos 13 anos, Duek começou a trabalhar como office boy na Afros Confecções. A empresa era do seu tio Samuel Duek e ficava na Vila Zelina, zona leste de São Paulo.

Dez meses depois, ele foi trabalhar no Grupo TF Modas. A empresa havia sido criada pelos tios Tufi e o Isaac Duek, irmãos de sua mãe. Lá, passou por 18 cargos em 18 anos de empresa. Em 2006, aos 33 anos, ele foi promovido a presidente, e, em 2008, liderou o processo de venda da companhia para o Grupo AMC Têxtil. "Ali foi um MBA da vida", declara.

Após a venda do Grupo TF Modas, Duek empreendeu em áreas diversas. Ele teve três restaurantes (na capital paulista e em Maresias), uma agência de marketing esportivo, a marca de moda Carina Duek e uma holding de investimentos. Também era contratado pela ESPN Brasil e BandSports TV como comentarista de automobilismo aos fins de semana. De 1992 a 2003, Duek havia sido piloto profissional de automobilismo, com passagens pelas categorias Kart, Fórmula Fiat, Stock Car, Mil Milhas Brasileiras e Copa Renault Clio.

Corretora de imóveis de luxo na Flórida

Ainda morando no Brasil, Duek decidiu ter negócios nos EUA. Em maio de 2012, ele abriu em Miami (EUA) a Duek Realty LLC, com Carolina Lara, sua sócia até hoje. Ele investiu US$ 30 mil no negócio. A mudança com a família para os EUA só ocorreu em dezembro do mesmo ano. A corretora vendia imóveis de luxo na Flórida, desde casas e apartamentos até imóveis comerciais e terrenos para desenvolvimento de novos projetos imobiliários.

Em 2020, a empresa foi vendida para a americana One Sotheby's International Realty. "A nossa imobiliária virou um time de vendas chamado Duek Lara Group", diz Duek, que hoje ocupa o cargo de "global advisor" (especialista no mercado internacional) na empresa, além de liderar um time brasileiro de corretores de imóveis. Sua clientela é formada por brasileiros, latino-americanos, europeus e americanos.

Em 2022, a Duek Lara Group faturou US$ 98 milhões. O lucro foi de US$ 3,5 milhões.

Continua após a publicidade

Sócios criam empresa de motorhomes

André Duek (à dir.) e Flávio Carvalho são donos da Duek Motorhomes
André Duek (à dir.) e Flávio Carvalho são donos da Duek Motorhomes Imagem: Arquivo pessoal

Em 2015, Duek e o sócio Flávio Carvalho abriram a Duek Motorhomes, em Pompano Beach, na Flórida. O investimento inicial foi de US$ 10 mil, para comprar um motorhome financiado.

O pulo do gato foi fazer parcerias com donos de motorhomes. Ele diz que, segundo a RVDA (Associação Americana de Motorhomes e Trailers), os proprietários de motorhomes usam o veículo apenas 28 dias por ano. "Passamos a gerenciar motorhomes destes proprietários, dando a solução completa para eles: garagem, manutenção e renda através das locações", afirma Duek. A Duek Motorhomes se associou à RVDA em 2017.

A Duek Motorhomes foi criada inicialmente com locação de motorhomes para viagens. Aos poucos, a empresa migrou para a venda de cotas de motorhomes e, em 2023, lançou o sistema Duek Fractionals, cujo conceito é baseado na multipropriedade. Funciona assim: o cliente investe em uma fração de um décimo e tem o direito de usar o motorhome durante 30 dias por ano. Todos os dez proprietários daquele motorhome dividem as despesas. As cotas custam a partir de US$ 12 mil (depende do modelo do veículo), e as despesas mensais giram em torno de US$ 200.

Há 14 motorhomes disponíveis para locação, sendo 12 de parceiros. Os veículos são de tamanhos e modelos variados, com capacidade de duas a oito pessoas. Há a opção de alugar o motorhome. A locação custa a partir de US$ 200 por dia. O tempo médio de locação é de uma semana.

Continua após a publicidade

Empresa tem tour virtual e test drive do veículo. Para mostrar ao cliente como é o motorhome por dentro, a empresa oferece um tour virtual. Após a locação do veículo, o cliente faz um treinamento presencial de uma hora para aprender a operar todos os controles da "casa", além de dirigir, manobrar e estacionar o veículo. "O test drive é fundamental, pois 80% dos clientes nunca tiveram essa experiência", diz Duek. A empresa também oferece sugestão de roteiros, monitoramento da viagem em português e assistência 24 horas para eventuais emergências.

Metade da clientela é de brasileiros. Depois, vêm americanos e canadenses (40%) e outras nacionalidades (10%).

Em 2020, a empresa ganhou dez novos sócios. O aporte de US$ 230 mil foi feito por um grupo de dez investidores brasileiros. A Duek Motorhomes faturou US$ 400 mil em 2022. O lucro não foi revelado.

O que me motivou a abrir a empresa foi a oportunidade de sermos pioneiros no setor, pois não existia nenhuma locadora de sócios brasileiros nos EUA.
André Duek, um dos sócios da Duek Motorhomes

Duek viveu em internato por um ano

Em 1981, aos 8 anos, Duek morou em um internato. Ele passou um ano no Lar das Crianças da Congregação Israelita Paulista, um internato de crianças em situação de vulnerabilidade social localizado no bairro Alto da Boa Vista (zona sul de São Paulo). A mãe dele, Fortuna Duek, e os tios também já haviam morado no internato nos anos 1960 e 1970.

Continua após a publicidade

Pais não tinham condições financeiras de investir na educação dos filhos. "Meus pais [Wilson e Fortuna Duek] sempre foram muito batalhadores, mas nunca tiveram condições financeiras para investir nos meus estudos e dos meus dois irmãos, Alexandre e Anselmo. Por isso, sempre frequentamos escolas públicas", declara.

Foi a melhor experiência que tive na minha vida, pois aprendi desde cedo princípios básicos de cidadania, caráter, honestidade, foco, organização e planejamento, pois era um sistema de ensino e moradia. Mesmo sendo um instituto para crianças em situação de vulnerabilidade social, eles plantavam uma mentalidade rica na nossa mente.
André Duek, um dos sócios da Duek Motorhomes

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes