ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Veja 7 perguntas que você não deve fazer numa entrevista de emprego

Do UOL, em São Paulo

04/09/2014 06h00

Fazer perguntas durante uma entrevista de emprego é uma forma de obter mais informações sobre o trabalho e a empresa. Também é um modo de o candidato demonstrar interesse pela vaga.

"O entrevistado deve aproveitar o momento para tirar dúvidas sobre a vaga e entender melhor quais serão suas atribuições e responsabilidades, o que dará mais clareza sobre a decisão de continuar no processo seletivo ou não", afirma Janice Souza, consultora de recursos humanos da Luandre.  

Os entrevistadores costumam estar abertos a perguntas, mas nem sempre podem falar sobre tudo, diz o headhunter da Recrutando.com, Luiz Pagnez. “Algumas vezes o recrutador não pode fornecer muitas informações devido à confidencialidade da vaga, por exemplo”.

Fazer perguntas é algo bem visto pelo entrevistador, já que a atitude demonstra interesse. Por outro lado, ficar à vontade demais pode ser perigoso.

“É preciso tomar cuidado quando se decide ter um papel mais ativo na entrevista, pois há perguntas que devem ser evitadas ou que o candidato deveria fazer em outra etapa do processo seletivo”, diz Janice Souza.

A pedido do UOL Empregos e Carreiras, os especialistas elaboraram uma lista com 7 perguntas que você não deve fazer durante uma entrevista de emprego. Confira:

Perguntas que podem eliminar o candidato

  • Dreamstime

    O que essa empresa faz?

    Esse tipo de pergunta demonstra claramente que o candidato não se preparou para a entrevista

  • Getty Images

    Você não leu o meu currículo?

    Muitas vezes, o recrutador pode fazer a mesma pergunta de várias formas diferentes para avaliar a confiança e o conhecimento do candidato em determinado assunto. Isso não significa que ele não leu o currículo

  • Getty Images

    Não gosto de trabalhar sob pressão; como será a rotina?

    Quase todo profissional enfrenta algum tipo de pressão no seu dia a dia. Dizer que você não sabe trabalhar assim pode eliminá-lo do processo seletivo

  • Getty Images

    Eventualmente, posso sair mais cedo ou chegar atrasado?

    Se a empresa tiver uma política de banco de horas ou horários flexíveis, é melhor esperar começar a trabalhar para descobrir. Esse tipo de pergunta pode passar uma impressão de desleixo para o recrutador

  • Getty Images

    Quando serei promovido?

    A empresa vai querer ver o que você traz de resultado antes de lhe dar uma promoção. Demonstrar essa preocupação já na entrevista pode passar a impressão de que você tem uma expectativa equivocada da empresa

  • Thinkstock

    Tenho uma viagem marcada. Posso adiantar minhas férias?

    A empresa está contratando para resolver uma demanda provavelmente urgente. Se você tem compromissos, ela vai dar preferência para outros candidatos. Se tiver um compromisso agendado, deixe para comentar no final do processo e se realmente a empresa fizer uma proposta

  • Shutterstock

    Perguntas sobre salário também devem ser evitadas

    A entrevista é o primeiro contato e serve para o candidato e a empresa se conhecerem. É um namoro. Se a relação parecer boa para ambas as partes, a empresa fará uma proposta. Nesse momento será possível discutir sobre salário

Mais Economia