Bolsas

Câmbio

Sem médicos, prefeita de Ribeirão Preto (SP) anuncia vagas pelo Facebook

Eduardo Schiavoni

Do UOL, em Americana

A falta de interessados no cargo de médico em Ribeirão Preto, a 313 quilômetros de São Paulo, fez com que a prefeita da cidade, Dárcy Vera (PSD), usasse um novo meio para buscá-los: o Facebook. Em sua página na rede social, a prefeita pediu ajuda para a divulgação do concurso. 

"Preciso contratar médicos. Me ajudem", escreveu. "Peço que divulguem nosso concurso público para a contratação de médicos. Se você conhece alguém, até de outros Estados, que possa divulgar, ou mesmo médicos que possam se interessar, nos ajude", disse a prefeita.

 

A prefeitura tem dois concursos abertos para médicos, com um total de 22 vagas para diferentes especialidades, além de formação de cadastro de reserva. Os cargos têm remuneração fixa de R$ 5.750 por 20 horas semanais, além de benefícios. 

Um dos concursos foi aberto em novembro para preencher 17 vagas (5 de clínico geral, 5 de emergencialista, 6 de pediatra e 1 de psiquiatra).

As inscrições iam até 15 de janeiro, mas, como houve poucos inscritos, a data foi prorrogada até esta sexta-feira, dia 23. Após o "apelo" da prefeita e da prorrogação do prazo, o número de interessados dobrou, segundo a prefeitura.

"Já melhorou bastante em relação ao que estava antes, quando tínhamos apenas dois psiquiatras inscritos, por exemplo. Mas até o final da semana teremos mais candidatos", disse Darcy.

O outro concurso aberto é para cinco vagas de ginecologista, e as inscrições vão até o dia 30.

A prefeitura afirma que, além dessas 22 vagas já confirmadas, pretende contratar pelo menos mais 30 profissionais adicionais para preencher outros postos que estão vagos.

Nem todos os aprovados assumem as vagas

Não foi a primeira vez que Dárcy Vera usou as redes sociais para buscar médicos.

Em 2010, ela chegou a ser bloqueada temporariamente do Twitter por excesso de postagens, também divulgando um concurso para contratação de médicos. Na ocasião, 435 candidatos se inscreveram, mas só 351 pagaram e fizeram as provas.

Apesar do bom resultado com a prática, a administração pública de Ribeirão Preto vive um outro problema: nem todos os profissionais que passam na seleção assumem os cargos.

Desde 2008, esse é o quarto concurso para contratação de médicos na cidade. No ano passado, 26 vagas foram abertas, 47 profissionais foram convocados, mas apenas nove assumiram efetivamente os cargos.

A cidade já conta com três médicos cubanos, integrantes do Mais Médicos. Como é alta a concentração de médicos por habitante na cidade (4,5 para cada 1.000 pessoas), Ribeirão Preto não está entre as prioritárias do programa federal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos