Bolsas

Câmbio

Seu amigo ficou rico e você não? Veja 6 erros que atrasam a vida financeira

Colaboração para UOL, em São Paulo

  • Getty Images/iStockphoto

Você já parou para pensar por que o seu vizinho ou amigo estão bem de vida, mas você não? Essa é uma pergunta que muitos se fazem quando sabem que alguém próximo ganhou um bom dinheiro. Será que existem segredos para enriquecer? Ou melhor, armadilhas que nos fazem deixar de ganhar dinheiro?

Para especialistas, algumas pequenas ações podem mesmo nos impedir de prosperar financeiramente na vida.

Leia também:

Será que você quer ficar rico mesmo?

Paulo Vieira, autor do livro "Fator de Enriquecimento: Uma Fórmula Simples e Poderosa que vai Enriquecê-lo e Fazer Você Atingir seus Objetivos" (editora Gente), diz que um dos principais fatores a serem vencidos são os mentais.

"Querer ser rico é um dos primeiros pré-requisitos para enriquecer. Muitas pessoas dizem que querem enriquecer e prosperar e, de fato, elas querem. Mas será que querem o suficiente?"

Reginaldo Goncalves, coordenador do curso de ciências contábeis da Faculdade Santa Marcelina, em São Paulo, diz que muita gente tem dificuldade em acumular dinheiro porque "não têm limites, não buscam frear seus gastos".

Para César Caselani, professor de finanças da Fundação Getúlio Vargas - Escola de Administração de Empresas, de São Paulo, deixar o dinheiro parado, não fazer planejamentos e não controlar os gastos são alguns dos erros principais.

Conheça abaixo seis armadilhas que impedem você de ficar rico, segundo Caselani:

1) Ausência de planejamento 

Não destinar algumas horas para planejar as finanças é uma das principais armadilhas. Por causa disso, as pessoas terminam tomando decisões ruins com enorme potencial de perder dinheiro e, no fim, têm que gastar muito mais horas pensando em como sair do problema. Por exemplo: não prever uma despesa relevante no próximo mês e, ao se deparar com ela, ter de recorrer a empréstimos com juros exorbitantes.

2) Falta de controle 

É preciso controlar se o que foi planejado realmente aconteceu. Caso a realidade mostre-se muito diferente, isso é sinal claro de que o planejamento precisa ser revisto para evitar surpresas desagradáveis. Aprender com os erros é essencial para evitar perda de dinheiro.

3) Excesso de confiança 

Um grande risco é o excesso de confiança nos investimentos realizados, especialmente quando vem acompanhada de falta de análise adequada da situação. Fuja disso e mantenha um certo nível de humildade. Não se esqueça de pensar bem antes de tomar decisões envolvendo dinheiro.

4) Contabilidade mental equivocada

As pessoas tendem a criar ilusões com o dinheiro e acabam fazendo fazendo gastos irracionais.

5) Falta de reflexão sobre conselhos

Falta reflexão sobre os conselhos financeiros dados por outras pessoas. É preciso pensar se aquilo que você leu ou escutou faz sentido, se a informação é de qualidade. No mercado, existem pessoas que dão conselhos nem sempre bons para a sua saúde financeira.

6) Acomodação

Uma grande armadilha é se acomodar. Cuidar do dinheiro dá trabalho. É necessário planejar, controlar, organizar sua vida financeira, analisar cada situação antes de gastar. Quem não dedica um tempo para trabalhar em suas finanças pode tomar decisões ruins. Não desperdice a poupança acumulada com tanto esforço por mera acomodação.

(Reportagem: Priscila Gorzoni; edição: Armando Pereira Filho)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos