PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Restituição do Imposto de Renda: você vai receber dinheiro ou pagar mais?

Descubra em que parte do programa da declaração está a informação de que você tem imposto a pagar ou a receber de volta - Di Vasca
Descubra em que parte do programa da declaração está a informação de que você tem imposto a pagar ou a receber de volta Imagem: Di Vasca

Colaboração para o UOL, de São Paulo

16/03/2021 04h00

Uma dúvida comum de quem está declarando o Imposto de Renda pela primeira vez é saber se terá que pagar imposto ou receberá restituição.

O programa de preenchimento da declaração permite que o contribuinte acompanhe o cálculo do imposto utilizando as duas formas de tributação possíveis: o modelo simplificado e o completo. Se você não sabe a diferença entre esses dois modelos, leia esta outra matéria para entender.

O cálculo do imposto a pagar ou a receber de volta é feito em tempo real. A cada inclusão ou exclusão de rendimentos ou deduções, os valores são atualizados.

Para acompanhar a atualização dos valores, basta visualizar o quadro "Opção pela tributação" que aparece no canto esquerdo inferior da tela do programa.

O quadro tem dois campos, "Por deduções legais", que corresponde ao modelo de declaração completa, e "Por desconto simplificado", que é o modelo simplificado.

IR tributa - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Valores em azul significam imposto a pagar. É possível ler a expressão "imposto a pagar" em cima do campo onde aparece o valor. Valores em verde correspondem à restituição e vêm acompanhados da expressão "imposto a restituir".

Quais são as situações possíveis?

Coloque todas as informações que você dispõe, desde as fontes de renda até as possíveis deduções (saúde, educação, dependentes, alimentandos). Quando você terminar de preencher a declaração, analise os resultados informados no quadro "Opção pela tributação".

Dependendo das informações que estão na sua declaração, podem acontecer quatro situações:

  • Imposto a pagar tanto na opção por "deduções legais" como pelo "desconto simplificado". Escolha a opção com menor valor.
  • Imposto a restituir tanto por "deduções legais" como pelo "desconto simplificado". Escolha a opção com maior valor.
  • Imposto a pagar em uma das opções e imposto a restituir na outra. Escolha a opção que dá direito à restituição.
  • Sem saldo de imposto nas duas opções. Nesse caso, não há imposto a pagar nem a receber de volta.

Para fazer a escolha, basta clicar na bolinha ao lado da opção. Quando você concluir o preenchimento do IR 2021, clique em "Entregar declaração", que aparece logo abaixo do quadro "Opção pela tributação".

Se você tiver que pagar imposto, o programa abrirá uma tela para você informar sua conta para pagamento em débito automático, caso você queira essa facilidade, ou para parcelar a dívida. Após o preenchimento dessa tela, a declaração será enviada para a Receita Federal.

Caso você tenha direito à restituição, o programa abrirá uma tela para informar sua conta para depósito do valor. Após o preenchimento dessa tela, a declaração será enviada para a Receita Federal.

Faça simulações com dados do cônjuge e dependentes

Você pode fazer diversas simulações e verificar os impactos no cálculo do imposto rapidamente por meio desse quadro. Conforme você preenche as fichas da declaração, o cálculo do imposto é atualizado.

Se você teve despesas médicas ou com educação, poderá ver qual será o efeito do uso dessas deduções ou se é melhor optar pelo modelo simplificado.

Você também pode avaliar o impacto da inclusão do cônjuge e dos dependentes, e das respectivas rendas e despesas dedutíveis.

Esse recurso é importante para avaliar se é melhor fazer a declaração conjunta com o cônjuge ou se cada um deve declarar em separado. No caso de declarações em separado, você também pode avaliar em qual das declarações do casal é mais vantajoso colocar os dependentes.

Anote os valores obtidos no quadro em cada simulação. No caso das declarações do casal em separado, some os valores obtidos. Porém, se um cônjuge der restituição e outro tiver imposto a pagar, você terá que subtrair um valor do outro. Depois compare o valor obtido com o resultado da simulação da declaração em conjunto.

Se algum dos seus dependentes tem renda própria, você também pode simular se vale a pena ou não incluí-lo na sua declaração. Lembre-se que você não é obrigado a colocar seus dependentes na declaração. Eventualmente, eles podem declarar em separado se estiverem enquadrados nas regras que obrigam o contribuinte a entregar a declaração do IR 2021.

UOL Economia+ fará evento para quem quer investir

Entre 23 e 25 de março, o UOL Economia+ e a casa de análises Levante Ideias de Investimento realizarão evento online gratuito.

O economista Felipe Bevilacqua, analista certificado e gestor especialista da Levante, comandará três grandes aulas para explicar ao leitor do UOL como assumir as rédeas do próprio dinheiro. O evento é gratuito para todos os leitores UOL.

Garanta o seu lugar no evento aqui:

Ao clicar em “Enviar”, você concorda com a Política de Privacidade do Grupo UOL e aceita receber e-mails de produtos e serviços do Grupo UOL e demais empresas integrantes de seu grupo econômico. O Grupo UOL utiliza as informações fornecidas para entrar em contato ofertando produtos e serviços. Você pode deixar de receber essas comunicações quando quiser.