Só para assinantesAssine UOL

BB Seguridade (BBSE3): lucro líquido do terceiro trimestre chega a R$ 2 bilhões

BB Seguridade (BBSE3) reportou lucro líquido de R$ 2,056 bilhões no terceiro trimestre de 2023 (3T23), conforme balanço divulgado nesta segunda-feira (6) pela manhã, antes da abertura do pregão.

Com isso, o resultado do BB Seguridade mostra uma alta de 24,5% no lucro se comparado com igual período do ano anterior.

Já o resultado financeiro consolidado do BB Seguridade no 2T23 foi de R$ 460,2 milhões, representando uma alta de 98% na base anual.

"A deflação do IGP-M e a variação positiva do IPCA contribuíram significativamente para a melhora do resultado financeiro da Brasilprev, que somada à expansão do saldo médio dos ativos financeiros das demais empresas do grupo foram os principais responsáveis pelo crescimento do resultado financeiro em relação ao mesmo período do ano passado", disse a companhia.

Seguros, Capitalização e Previdência do BB Seguridade

No segmento de Seguros, o lucro líquido do BB Seguridade cresceu 23,5% ante o terceiro trimestre de 2022, para R$ 1,053 bilhão, "impulsionado pelo crescimento dos prêmios ganhos retidos e pela evolução do resultado financeiro em função da expansão tanto do saldo quanto da taxa média de retorno das aplicações", disse a empresa.

Os prêmios emitidos do segmento subiram 8,2%, para R$ 5,4 bilhões, o que segundo o BB Seguridade, se deu pela dinâmica liderada pela forte evolução do 'vida produtor rural', impulsionada pelo aumento da importância segurada média, e pelo bom desempenho comercial do prestamista, com aumento da penetração no crédito e redução do cancelamento.

Já o segmento de Capitalização registrou um lucro líquido de R$ 72,8 milhões, aumento de 94,3% em relação ao mesmo período de 2022. O desempenho é atribuído ao resultado financeiro quase duas vezes superior no comparativo, com expansão do saldo médio de ativo rentáveis e incremento da margem financeira.

No segmento de Previdência, o lucro líquido da operação foi 82,2% superior ao registrado no terceiro trimestre de 2022, alcançando R$ 527,6 milhões, impulsionado pela melhora do resultado financeiro.

Continua após a publicidade

"A deflação do IGP-M, que reduziu significativamente o custo do passivo atrelado aos planos tradicionais, foi o principal fator responsável por este crescimento do resultado, muito embora o impacto negativo de marcação a mercado decorrente da abertura da estrutura a termo de taxa de juros, no montante de -R$73,5 milhões, tenha consumido parte desta melhora", afirmou o BB Seguridade.

Desempenho das ações do BB Seguridade

Este material foi elaborado exclusivamente pelo Suno Notícias (sem nenhuma participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo nenhum tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco. Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora