Só para assinantesAssine UOL

PetroRecôncavo (RECV3) terá novo CEO a partir do ano que vem; veja quem será

A PetroReconcavo (RECV3) informou que deu início ao processo de sucessão de seu diretor-presidente, após Marcelo Campos Magalhães anunciar a intenção de renunciar ao cargo.

Em fato relevante divulgado na sexta-feira (24), a PetroRecôncavo informou que seu conselho de administração, com o apoio da Heidrick & Struggles, conduziu o processo sucessório e selecionou José Maria de Mello Firmo para o cargo de diretor-presidente da companhia.

Ele será eleito em reunião a ser realizada até a data da sua posse, que ocorrerá em 1º de janeiro de 2024. Até lá, Magalhães permanecerá no cargo.

Desde 2019, Firmo é presidente do Porto do Açu, uma subsidiária da Prumo Holding de Investimentos.

PetroRecôncavo (RECV3): lucro líquido no 3T23 é de R$ 145 mi, baixa de 32%

A PetroReconcavo (RECV3) reportou lucro líquido de R$ 145 milhões no terceiro trimestre de 2023, queda de 32% na comparação com igual período de 2022.

Ebitda da PetroReconcavo (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da companhia foi de R$ 377 milhões entre julho e setembro, um recuo de 11% em relação ao mesmo intervalo do ano passado. A margem Ebitda foi de 50,5%, queda de 2,0 pontos porcentuais.

Já a receita líquida no período atingiu R$ 747,8 milhões, 7% menos que um ano antes.

O resultado da PetroReconcavo no 3T23, segundo a companhia, "não foram ainda melhores em razão das inesperadas restrições temporárias na capacidade de recebimento de petróleo e gás natural do Ativo Industrial de Guamaré (AIG), operado por terceiro.

Continua após a publicidade

O resultado financeiro do terceiro trimestre da PetroRecôncavo ficou negativo em R$ 48,4 milhões, um aumento de 6% na comparação anual.

A dívida líquida, no entanto, aumentou 3% em relação ao encerramento do segundo trimestre, chegando a R$ 802,8 milhões, e uma alavancagem (dívida líquida/Ebitda) de 0,56x ante 0,53x registrado em junho deste ano.

PetroRecôncavo anunciou ingresso no Ibovespa em setembro

A PetroRecôncavo informou que desde 4 de setembro as ações de emissão da companhia passaram a integrar o Ibovespa da B3 (B3SA3). O índice é o principal indicador de desempenho das ações negociadas na Bolsa brasileira e sua nova carteira estará vigente entre os meses de setembro a dezembro de 2023.

As ações da PetroRecôncavo passam a integrar as carteiras de um total de oito índices da B3. São eles:

  • Índice Bovespa (IBOV);
  • Índice Brasil 100 (IBRX100);
  • Índice Small Cap (SMLL);
  • Índice Brasil Amplo (IBRA);
  • Índice de Ações com Governança Corporativa Diferenciada (IGC);
  • Índice de Governança Corporativa - Novo Mercado (IGC-NM);
  • Índice de Ações com Tag Along Diferenciado (ITAG);
  • Governança Corporativa Trade (IGCT).
Continua após a publicidade

Segundo a empresa, a entrada nos índices é resultado do trabalho da PetroRecôncavo em ampliar sua participação e relevância no mercado, sendo um importante vetor para aumento da liquidez das suas ações e visibilidade.

"A companhia segue focada em sua estratégia de crescimento buscando por meio das suas entregas, a geração de valor a seus acionistas, e reforça seu compromisso com a transparência na comunicação e relacionamento com o mercado, mantendo sempre as melhores práticas de governança corporativa", pontuou a PetroRecôncavo.

Desempenho das ações de PetroRecôncavo

Com informações de Estadão Conteúdo

Este material foi elaborado exclusivamente pelo Suno Notícias (sem nenhuma participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo nenhum tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco. Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora