Só para assinantesAssine UOL

Azul (AZUL4) anuncia oferta para reabertura de emissão de títulos; saiba mais

Em fato relevante divulgado nesta na segunda-feira (5), a Azul (AZUL4) anunciou a reabertura da emissão de títulos de dívida seniores com garantia e vencimento em 2028.

A oferta está avaliada em US$ 148,7 milhões e tem remuneração de 11,930%. A operação está sendo realizada pela subsidiária da empresa, a Azul Secured Finance.

Ainda de acordo com a Azul, o pacote de garantias compartilhadas inclui "certos recebíveis" gerados pelo seu programa de fidelidade Tudo Azul e pela Azul Viagens.

A Azul espera que a emissão seja concluída em 8 de fevereiro, e está sujeita às condições habituais de fechamento. "A empresa pretende usar os recursos líquidos para refinanciar dívidas", completa a companhia aérea.

Azul (AZUL4) e companhia americana anunciam acordo de compartilhamento de voos

A Azul e a Silver Airways, companhia regional americana, anunciaram no último dia 25 de janeiro o início de um acordo de compartilhamento de voos entre duas empresas aéreas (codeshare).

Com o acordo, clientes podem comprar bilhetes para voos operados pela Silver Airways nos Estados Unidos diretamente pelos canais de vendas da Azul.

Os clientes poderão adquirir passagens aéreas do Brasil para as bases da Azul em Fort Lauderdale e Orlando, e, de lá, se conectarem a importantes destinos de turismo americanos.

Assim, a partir de Orlando, os clientes poderão ir para Key West e Fort Lauderdale. De Fort Lauderdale, será possível ir para Key West, Tampa, Gainesville e Orlando, todos no Estado da Flórida.

Continua após a publicidade

Será possível chegar, ainda, até algumas das principais ilhas que constituem as Bahamas: North Eeuthera, Freeport, Georgetown, Governor's Harbour, Marsh Harhour, Marsh Harbour, Bimini e as novas rotas da Silver, Turks e Caicos e Providenciales.

Atualmente, a Azul opera 15 voos diretos que ligam Fort Lauderdale a Recife, Manaus, Campinas (SP), Belém e Belo Horizonte e outros 11 voos de Orlando para Campinas, Recife e Belo Horizonte.

Desempenho das ações da Azul

No fechamento da última segunda-feira (5), as ações da Azul recuaram 5,97%, a R$ 12,91, segundo o Status Invest.

Este material foi elaborado exclusivamente pelo Suno Notícias (sem nenhuma participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo nenhum tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco. Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora