IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Isa Cteep (TRPL4): BTG coloca na carteira e projeta aumento de dividendos

04/04/2023 07h05

Em atualização na sua carteira de dividendos, os analistas do BTG Pactual incluíram as ações da Isa Cteep (TRPL4), antiga Transmissão Paulista, citando um patamar atrativo de preço para os ativos da empresa, que é a maior companhia privada de transmissão do Brasil.

A projeção da casa é de que os dividendos da Isa Cteep representem um dividend yield (DY) de 13% neste ano e de 13,2% no ano que vem.

Atualmente o DY das ações TRPL4 é de 4,9%, conforme dados do Status Invest – considerando uma cifra de R$ 1,06 paga por ação nos últimos 12 meses.

“Consideramos este um bom investimento para estratégia de dividendos, o qual proporciona também segurança na carteira. A TRPL é negociada com uma TIR real de 10%, um spread de 380bps para a taxa de juros de referência (NTNB 35) e bem acima de sua média dos últimos 10 anos”, dizem os especialistas do BTG Pactual sobre as ações da companhia.

“Em 2022 a companhia arrematou dois novos lotes e deverá também participar do leilão de junho de 2023, o qual deverá mais uma vez ser bastante concorrido”, destacam.

Além das ações da Isa Cteep, o BTG mantém outros nove papéis na sua carteira de dividendos. Além da elétrica, os analistas adicionaram papéis da Gerdau (GGBR4) no portfólio.

Os dois ativos que saíram, por sua vez, foram ações da Alupar (ALUP11) e da Eletrobras (ELET3).

Veja a carteira de dividendos do BTG
  • Banco do Brasil (BBAS3)
  • Isa Cteep (TRPL4)
  • Gerdau (GGBR4)
  • Vale (VALE3)
  • Santos Brasil (STBP3)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • Cury (CURY3)
  • Auren (AURE3)
  • PetroRio (PRIO3)
  • Porto Seguro (PSSA3)

Em análise sobre o cenário atual, na nova revisão da carteira, os especialistas destacaram o cenário fiscal e o recente anúncio do arcabouço fiscal como pontos de atenção.

“No Brasil, o debate estará inteiramente centrado no novo marco fiscal anunciado na semana passada. Embora as principais diretrizes tenham sido anunciadas, detalhes importantes ainda estão faltando. Aumentar impostos (ou acabar com benefícios fiscais) é parte central da nova regra, impactando setores/empresas de forma diferente e tornando a escolha de ações mais desafiadora no curto prazo“, diz o BTG.

“Em suma, o ambiente de investimentos não está tão amigável, principalmente no Brasil, o que sugere cautela. Por outro lado, os valuations são extremamente baratos ? o prêmio para manter ações (em 5,8%) é o mais alto dos últimos 13 anos ? e mesmo que o novo quadro fiscal não seja o ideal, temos agora as diretrizes para uma regra que pode ser visto como um primeiro passo para alguma responsabilidade fiscal”, complementa.

Desempenho da carteira e de Isa Cteep

Em Março, a Carteira Recomendada de Dividendos do banco teve uma performance de -2,1%, contra -2,0% do IDIV e – 2,9% do Ibovespa.

Em uma janela mais longa, desde o dia 8 de novembro de 2019, a carteira acumula uma rentabilidade de 21,1%, contra 12,1% do IDIV e -5,3% do Ibovespa.

As ações da Isa Cteep, inclusas nessa atualização, caem mais de 18% nos últimos 12 meses.