IPCA
0,42 Mar.2024
Topo

Vale (VALE3), Eletrobras (ELET3) e Cosan (CSAN3) agitam mercado financeiro; veja os destaques

19/04/2023 08h25

O crescimento na produção de minério de ferro da Vale (VALE3) entre os meses de janeiro e março, apesar da queda nas vendas do material no período, está entre os destaques do mercado financeiro desta quarta-feira (19).

Também está entre os destaques do mercado financeiro a notícia de que a Eletrobras (ELET3) comunicou que a ENBPar quitou o saldo devedor da participação brasileira em Itaipu Binacional, assim como a Cosan (CSAN3), que fará uma emissão de debêntures simples ainda este mês.

A Minerva (BEEF3) também é destaque de hoje, após aprovar o pagamento de R$ 208,6 milhões em dividendos, assim como a CCR (CCRO3), que decidiu por não continuar com o um projeto de implantação de um novo aeroporto na região metropolitana da capital paulista.

Veja os destaques do mercado financeiro:

Vale

No primeiro trimestre de 2023, a Vale (VALE3) produziu 66,7 milhões de toneladas de finos de minério de ferro, crescimento de 5,8% na base anual, impulsionado por melhores condições climáticas em Minas Gerais.

Em contrapartida, vendeu 45,8 milhões de toneladas do material, queda de 10,6% na mesma comparação, impactadas pelas restrições de carregamento no terminal Porto Madeira, no Maranhão, devido às chuvas, manutenção não programada de equipamentos no local, além do rebalanceamento dos estoques ao longo da cadeia de produção.

Eletrobras

A elétrica comunicou que a Empresa Brasileira de Participações em Energia Nuclear e Binacional (ENBPar) quitou o saldo devedor da participação brasileira em Itaipu Binacional. Para a quitação da dívida, a Eletrobras (ELET3) recebeu R$ 949,7 milhões da ENBPar.

Cosan

Em comunicado divulgado na terça-feira (18), a Cosan (CSAN3) informou que fará uma emissão de debêntures simples, visando captar uma cifra de R$ 1 bilhão, ainda em abril.

A companhia, contudo, não detalhou como deve usar o dinheiro captado com a oferta, que será feita exclusivamente por investidores profissionais.

Minerva

O conselho de administração da Minerva (BEEF3) aprovou em assembleia a proposta de pagamento de dividendos no valor de R$ 208,6 milhões, o equivalente a R$0,3566 por ação, com previsão de pagamento para o próximo dia 2 de maio.

As ações negociam ex-proventos a partir desta quarta-feira (19).

CCR

A Companhia de Concessões Rodoviárias decidiu por não continuar com o Projeto Nasp (sigla para Novo Aeroporto de São Paulo), na região metropolitana da capital paulista.

Em fevereiro de 2016, a Companhia de Participações em Concessões (CPC), controlada da CCR (CCRO3), celebrou contrato para aquisição de um terreno localizado nas cidades de Cajamar e Caieiras, pelo valor de R$387,4 milhões, este que abrigaria o terceiro aeroporto da região.

O documento previa que em 7 anos, a CPC deveria confirmar a implantação da obra, sob a condição da devolução parcial do terreno. O prazo foi encerrado há dois meses.

Em fato relevante divulgado na terça-feira (18), a CCR afirmou que a proposta foi descontinuada "em face da não aprovação de regulamentação que permitisse a efetiva implantação do aeroporto comercial privado no período, bem como diante do contexto de mercado e contratual".

Os destaques do mercado financeiro do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia, como a Vale (VALE3), que deve estar no foco dos investidores ao longo do dia.