Bolsas

Câmbio

Filho do chanceler francês é interrogado por fraude e lavagem de dinheiro

Paris, 29 Jan 2016 (AFP) - Thomas Fabius, filho do chanceler francês, Laurent Fabius, foi interrogado nesta sexta-feira por um juiz parisiense, no âmbito de uma investigação por fraude, desvio e lavagem de dinheiro - disseram à AFP fontes ligadas ao caso.

Seu advogado, Cyril Bonan, não informou se havia sido formalmente indiciado após o interrogatório.

Em 2013, a Procuradoria de Paris abriu uma investigação, depois de detectar importantes movimentos de recursos que podem ter transitado pelas contas bancárias de Thomas Fabius, cliente assíduo de cassinos.

O filho do chanceler comprou, em 2012, um apartamento de cerca de 300 m2 no bulevar Saint-Germain, no coração de Paris, por sete milhões de euros. Essa transação foi detectada pela célula de luta contra a lavagem de dinheiro do Ministério francês das Finanças.

De acordo com uma fonte próxima ao caso, em dezembro passado, Thomas Fabius declarou à Justiça que comprou essa propriedade "em parte mediante ganhos com apostas e em parte mediante um empréstimo bancário".

Thomas também é alvo de um mandado de prisão internacional da Procuradoria do estado de Nevada, nos Estados Unidos, que o acusa de ter assinado cheques sem fundo em vários cassinos de Las Vegas por um montante de mais de US$ 3,5 milhões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos