Bolsas

Câmbio

Coreia do Sul vai suspender "operações" no complexo industrial intercoreano de Kaesong

Seul, 10 Fev 2016 (AFP) - A Coreia do Sul vai suspender as operações no complexo industrial intercoreano de Kaesong, em resposta ao teste nuclear e ao lançamento de um foguete da Coreia do Norte, anunciou o governo de Seul.

Esta é a primeira vez que o governo de Seul suspende as operações em Kaesong desde a abertura em 2004 do complexo, símbolo da reconciliação entre os países da península coreana.

"Decidimos interromper todas as operações no complexo de Kaesong para que (...) o Norte não utilize nossos investimentos para financiar seu desenvolvimento nuclear e balístico", afirmou o ministro da Unificação, Hong Yong-Pyo.

O complexo, que fica do lado norte-coreano da fronteira, permitiu que o isolado e empobrecido Estado do Norte arrecadasse divisas.

Kaesong abriga 124 empresas sul-coreanas e proporciona emprego a quase 53.000 norte-coreanos.

O governo e as empresas sul-coreanas investiram no projeto ao longo dos anos 837 milhões de dólares, de acordo com Hong. O ministro afirmou que o dinheiro foi utilizado por Pyongyang para executar seus testes nucleares, unanimemente condenados pela comunidade internacional.

O governo sul-coreano também anunciou que intensificará a propaganda sonora na fronteira com a Coreia do Norte, em resposta ao foguete lançado no domingo pelo regime comunista.

Após o teste nuclear norte-coreano de 6 de janeiro, a Coreia do Sul decidiu reativar os potentes alto-falantes que divulgam em volume máximo uma programação que inclui música pop, boletins informativos e mensagens de propaganda.

"Instalamos novos alto-falantes e difundimos programas mais longos a cada dia desde então", informou à AFP o ministério sul-coreano da Defesa em referência ao lançamento de domingo.

De acordo com a imprensa estatal norte-coreana, o foguete transportava um satélite para observar a Terra, mas a Coreia do Sul acredita que o lançamento foi na realidade um teste de míssil balístico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos