Bolsas

Câmbio

Empréstimos do Banco Mundial em seu nível mais alto desde a crise

Washington, 11 Abr 2016 (AFP) - Os empréstimos concedidos pelo Banco Mundial a países em desenvolvimento atingiram seu nível mais alto em 2015 desde a crise financeira de 2008-2009, e refletem a ameaça de "poderosos ventos contra", anunciou a instituição.

"Enquanto os países em desenvolvimento continua enfrentando poderosos ventos contra, a demanda de empréstimos do Banco Mundial chegou a níveis recordes à margem do período de crise", afirma o comunicado.

Durante seu exercício fiscal 2015, os empréstimos concedidos aos países emergentes de baixa renda média subiram a 42,4 bilhões de dólares, contra 40,8 bilhões em 2014.

Os empréstimos concedidos a países emergentes, independente de sua renda, subiram para 23,5 bilhões de dólares, contra apenas 14 bilhões em 2006, antes da explosão da crise financeira mundial.

Atingidos pela queda dos preços das matérias-primas e pelo crescimento econômico mais lento da China, inúmeros países emergentes assistem a um esgotamento de suas fontes de financiamento e enfrentam dificuldades econômicas.

"Os governos dos países desenvolvidos estão pressionados a encontrar novas maneiras de acelerar seu crescimento neste período de desaceleração", afirma Jan Walliser, um dos vice-presidentes do Banco Mundial, citado no comunicado.

Uma parte importante dos créditos proporcionados pelo banco são para diversificar as fontes de crescimento re preparar para futuros choques, segundo o texto.

O Banco Mundial, que esta semana terá sua assembleia de primavera (hemisfério norte) com o FMI em Washington, fixou como objetivo erradicar a pobreza extrema até 2030.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos