Bolsas

Câmbio

Petróleo fecha em alta impulsionado por greve no Kuwait e queda do dólar

Nova York, 19 Abr 2016 (AFP) - O petróleo fechou em alta nesta terça-feira em Nova York pela menor produção kuwaitiana, devido a uma greve, e pela desvalorização do dólar.

O barril de "light sweet crude" (WTI) para maio subiu 1,30 dólares, a 41,08.

No mercado de Londres o barril de Brent para junho avançou 1,12 dólar, a 44,03.

Os investidores deixaram para trás sua decepção pelo fracasso da reunião de domingo em Doha.

"O mercado já não dá mais atenção (ao fracasso de Doha) e se concentrou no problema de curto prazo, que é a greve petroleira no Kuwait", declarou Kyle Cooper, da IAF Advisors.

No terceiro dia de greve contra a redução dos salários, a produção de petróleo do Kuwait caiu a 1,5 milhão de barris diários. Normalmente a sua produção diária é de 3 milhões.

Além disso, a queda do dólar impactou o resultado do mercado de petróleo.

"O dólar fraco sustenta todas as matérias-primas e especialmente o petróleo", disse Yawger.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos