PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Diretor-geral da OMC adverte contra Brexit

25/05/2016 23h52

Londres, 26 Mayo 2016 (AFP) - A Grã-Bretanha enfrentará uma árdua negociação para aderir à Organização Mundial do Comércio caso decida sair da União Europeia, que representa seus 28 membros na OMC, adverte nesta quinta-feira o diretor-geral da organização, o brasileiro Roberto Azevedo.

Em entrevista ao Financial Times, Roberto Azevedo manifestou suas dúvidas com os argumentos dos partidários de um "Brexit" no sentido de que a Grã-Bretanha poderia ter acesso ao mercado europeu com a adesão à OMC caso abandone a UE sem um acordo vantajoso.

"Quase todo o comércio britânico (com o restante do mundo) precisaria ser renegociado, de uma maneira ou outra", declarou Azevedo ao jornal, acrescentando que Londres não será autorizado a fazer uma "cópia" dos acordos existentes.

Esta advertência se segue aos avisos de outras instituições: o Tesouro britânico prevê "anos de recessão", o Banco da Inglaterra evoca a possibilidade de uma "recessão técnica" e o FMI adverte para um "risco importante para a economia mundial".

Segundo diversas pesquisas, os partidários da permanência na UE são maioria no momento para o referendo de 23 de junho.