Bolsas

Câmbio

Para Trump, Grã-Bretanha deveria seguir sozinha e sair da UE

Washington, 22 Jun 2016 (AFP) - O virtual candidato à presidência dos EUA, Donald Trump, admitiu nesta quarta-feira que não analisou a fundo a possibilidade de que a Grã-Bretanha abandone a União Europeia, mas se permitiu opinar que os britânicos deveriam seguir adiante por sua conta.

"Não penso que ninguém deveria prestar atenção em mim porque realmente não me concentrei muito nisso", disse o multimilionário à emissora de televisão FoxNews, na véspera do histórico referendo que poderia tornar a Grã-Bretanha a primeira nação a sair do bloco europeu.

No entanto, Trump mencionou o "caos" provocado pela crise migratória na Europa, um tema que o virtual candidato usa frequentemente em seus atos de campanha para tratar da situação dos imigrantes nos Estados Unidos.

"Quando você vê tudo o que está acontecendo lá, minha inclinação seria seguir em frente sozinho e retornar ao lugar de onde vim", disse. "Mas é apenas o meu sentimento", acrescentou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos