Bolsas

Câmbio

Polêmica em Israel por mobilização de soldados para receber o Google

Jerusalém, 22 Jun 2016 (AFP) - O Exército de Israel anunciou nesta quarta-feira uma investigação depois de uma centena de soldados se mobilizarem para formar a palavra "Google" para receber um dos diretores da empresa.

Na semana passada, Eric Schmidt, presidente da Alphabet, a companhia-mãe do Google, visitou a base aérea de Hatzerim, uma das mais importantes de Israel, perto de Beersheba (sul).

Em sua chegada, os soldados formaram a palavra "Google", enquanto imagens áreas eram tiradas.

O caso foi revelado pela especialista militar da rádio pública israelense, Carmela Menashe, que revelou outros escândalos dentro das forças armadas.

O pai de um dos soldados que participou do evento disse que os soldados tiveram que manter a formação durante uma hora e meia em um dos momentos mais quentes do dia.

"Eu não acho que isso é o que os soldados devem fazer no exército", declarou o pai.

A visita de Eric Schmidt coincidiu com o décimo aniversário da instalação dos centros de pesquisa do Google em Israel.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos