Bolsas

Câmbio

Wall Street reage bem ao anúncio do Fed e fecha em alta

Nova York, 6 Jul 2016 (AFP) - Wall Street fechou em alta nesta quarta-feira (6), estimulado por números positivos dos Estados Unidos e por um cauteloso documento divulgado pelo Federal Reserve (Fed): o Dow Jones ganhou 0,44%, e o Nasdaq, 0,75%.

O índice industrial Dow Jones avançou 78,00 pontos, situando-se nas 17.918,62 unidades, e o Nasdaq, de valores tecnológicos, subiu 36,26 pontos, a 4.859,16.

O índice ampliado S&P 500 avançou 11,18 pontos (0,54%), nas 2.099,73 unidades.

"A Bolsa inicialmente caiu por causa das preocupações derivadas do Brexit, mas depois subiu, ao tomar conhecimento das minutas da sessão de junho do Fed", sintetizou Alan Skrainka, da Cornerstone Wealth Management.

O documento da reunião de 15 de junho do Fed mostrou que havia, na entidade, preocupação com as consequências de um possível Brexit. Nessa reunião, o Fed decidiu manter as taxas intactas.

"Considerando-se o voto a favor do Brexit, tomaram uma boa decisão", opinou Skrainka.

Vários membros do Fed manifestaram sua preocupação com as perspectivas econômicas dos Estados Unidos, em especial quanto à inflação e ao emprego, o que fazia esperar pela manutenção, com taxas de juros quase nulas.

Wall Street contou com um apoio extra: um índice mostrou a franca aceleração da atividade do setor de serviços nos Estados Unidos e fez os investidores prestarem menos atenção ao aumento do déficit comercial, revelado também nesta quarta.

O mercado de títulos subiu ligeiramente. Às 17h20 (horário de Brasília), o rendimento dos bônus do Tesouro para 10 anos caía a 1,373%, contra 1,375% de terça-feira. O dos papéis para 30 anos caía a 2,142%, contra 2,155% da sessão anterior.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos